Espetáculos e Exposições

“Um Eléctrico Chamado Desejo” no TNDM II

"Um Eléctrico Chamado Desejo" é um clássico da dramaturgia do século XX da autoria de Tennessee Williams que já foi inclusivamente imortalizado no grande ecrã, tendo como protagonistas os incontornáveis Vivien Leigh e Marlon Brando. Esta quinta-feira
Versão para impressão
“Um Eléctrico Chamado Desejo” é um clássico da dramaturgia do século XX da autoria de Tennessee Williams que já foi inclusivamente imortalizado no grande ecrã, tendo como protagonistas os incontornáveis Vivien Leigh e Marlon Brando. Esta quinta-feira, a obra estreia-se no Teatro D. Maria II, encenada por Diogo Infante.

Aqui, retrata-se o confronto entre os valores tradicionais do Sul da América e o materialismo agressivo da América moderna.

Alexandra Lencastre interpreta Blanche DuBois, uma frágil e solitária beldade sulista, decide visitar a sua irmã, Stella (Lúcia Moniz), que vive num bairro pobre de Nova Orleães.

Numa altura em que a sua vida se encontra em declínio, Blanche acaba por se confrontar com o marido de Stella, Stanley Kowalski (Albano Jerónimo), cujo temperamento rude tanto ofende como atrai a sua educada sensibilidade.

Enquanto o jazz dos anos 40 enche os bares locais durante a noite, as tensões crescem até atingirem um ponto de ruptura inevitável.

O espetáculo está em cena na Sala Garrett, de 9 de setembro a 31 de outubro. O preço dos bilhetes varia entre os 7,50 euros (2º balcão) e os 30 euros (camarotes do 1º balcão).

Estes valores estão sujeitos a descontos para jovens até aos 25 anos, maiores de 65 anos e grupos de 15 pessoas. Recorde-se que todas as quintas-feiras, dia do espetador, os preços dos bilhetes para o 1º balcão fixam-se nos oito euros.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório