Ambiente

Uganda devolve 200 papagaios capturados à natureza

NULL
Versão para impressão
Duas centenas de papagaios cinzentos africanos foram libertadas pelas autoridades do Uganda na passada quinta-feira. Os animais, que iam ser ilegalmente comercializados por traficantes, regressam agora ao seu habitat natural.

Lilian Nsubuga, porta-voz das autoridades do Uganda, explicou à AFP que 130 aves foram resgatadas na fronteira entre o Uganda e o Congo, quando os traficantes tentavam fazê-las passar clandestinamente, escondidas em caixas de cartão. Algumas dezenas morreram pouco tempo depois, por terem sido sedadas pelos traficantes com infusão de álcool.

Mais tarde, um segundo carregamento de mais de 100 pássaros em situação irregular foi descoberto num armazém perto de um aeroporto em Uganda.

Os animais foram imediatamente levados, durante alguns meses, para tratamento em cativeiro no maior jardim zoológico do país.

Agora, as autoridades reintroduziram os 200 papagaios no seu habitat natural, no Parque Nacional de Kibale, a 350 km a Oeste de Kampala.

Uma realidade muito próxima

Um estudo da Birdlive Internacional revelou que, por ano, são capturados até 21% da população selvagem dos papagaios cinzentos africanos.

Esta espécie é muito procurada nos países desenvolvidos pela sua capacidade de imitar sons e a linguagem humana. Na maior parte das vezes, os animais ficam presos numa gaiola.

Cada animal destes pode valer milhares de dólares no mercado internacional.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório