Sociedade

UE: Português será “vice” de comissão anticorrupção

O português Rui Tavares foi eleito pelo Parlamento Europeu para ocupar a vice-presidência da comissão anticorrupção europeia.
Versão para impressão
O português Rui Tavares foi eleito pelo Parlamento Europeu para ocupar a vice-presidência da Comissão Especial Sobre a Criminalidade Organizada, a Corrupção e o Branqueamento de Capitais. 
 
De acordo com o Expresso, o eurodeputado foi escolhido para vice-presidente da estrutura que será temporária e terá um ano para analisar o impacto dos crimes nos Estados-membros da União Europeia.
 
Após ter sido eleito pelos 45 membros que integram esta comissão especial, Rui Tavares salientou que será necessária “uma ação concertada à escala europeia” para enfrentar “os fenómenos combinados do crime organizado, da corrupção e da lavagem de dinheiro.
 
No entender do português, citado pelo semanário, estes fenómenos “transcendem fronteiras, minam a credibilidade das instituições e drenam recursos para a economia paralela” e “esta é a comissão para analisar o lado escondido, criminoso, da crise atual”.
 
Rui Tavares acrescentou ainda que espera que sejam alcançadas “propostas de legislação que possam ser aproveitadas no combate à evasão fiscal e aos paraísos fiscais onde o dinheiro de impostos que deveriam ter sido pagos à escala nacional convive com os porventos de atividades como o tráfico de armas e de drogas”.
 
De relembrar que o eurodeputado, agora vice-presidente da comissão, se desvinculou do Bloco de Esquerda em Junho de 2011, justificando a decisão com falta de confiança política na direção daquele partido.

[Notícia sugerida por Sofia Baptista]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório