Ciência

U. Porto bate Oxford na qualidade de investigação

Um estudo indica que Universidade do Porto é a melhor instituição de Ciências da Saúde do mundo no que toca à qualidade da produção científica relacionada com o cancro do estômago e a infeção pelo helicobacter pylori, ultrapassando mesmo Harvard, Oxf
Versão para impressão
Um estudo indica que Universidade do Porto é a melhor instituição de Ciências da Saúde do mundo no que toca à qualidade da produção científica relacionada com o cancro do estômago e a infeção pelo helicobacter pylori, ultrapassando mesmo Harvard, Oxford ou Cambridge.

Realizado pela Reitoria da Universidade do Porto, o estudo contou com a contribuição de médicos e investigadores daquela instituição de ensino e de unidades de saúde como o Hospital de São João e o IPO-Porto, revelou à agência Lusa Sobrinho Simões, diretor do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP).

Em segundo lugar ficou o VA Medical Center, em Washington, seguido do Instituto Karolinska da Suécia. Em quinto lugar ficou o National Cancer Institute, nos EUA, em oitavo a Universidade de Oxford, em 12º a Universidade de Cambridge, em 13º. a Universidade de Harvard e em 20º. a Universidade do Estado de S. Paulo, no Brasil.

No campo do cancro da tiróide, a Universidade do Porto volta a aparecer colocada em primeiro lugar e, de novo, a grande distância da segunda instituição, que neste caso é a Universidade de Harvard.

“Tal como em relação à investigação em cancro do estômago, também no que se refere ao cancro da tiróide os excelentes resultados refletem a concentração dos médicos e investigadores de várias instituições da Universidade do Porto e Hospitais afiliados na investigação deste tipo de cancro”, refere o director do IPATIMUP.

[Notícia sugerida pelos utilizadores Raquel Baêta e Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub