Ciência

Turritopsis Nutricula, a medusa imortal

A descoberta é extraordinária e intrigante para os cientistas que podem ter encontrado uma forma de estudar a fonte da juventude. Em causa está a "Turritopsis Nutricola", uma medusa que segundo os biólogos será o único ser vivo imortal com a capacida
Versão para impressão

A descoberta é extraordinária e intrigante para os cientistas que podem ter encontrado uma forma de estudar a fonte da juventude. Em causa está a “Turritopsis Nutricola”, uma medusa que segundo os biólogos será o único ser vivo imortal com a capacidade de se rejuvenescer.

A “Turritopsis Nutricola” tem entre quatro a cinco centímetros e ao contrário das restantes espécies de medusa que morre após o estágio reprodutivo, a “Turritopsis” reverte para o seu estado pólipo juvenil. Teoricamente este ciclo pode repetir-se-á indefinidamente tornando-a, assim, imortal.

Esta medusa e a reversão extraordinária do seu processo de envelhecimento estão agora a ser alvo de pesquisas aprofundadas de biólogos marinhos e geneticistas que tentam perceber o processo de transformação de um tipo de células noutro.

Esta capacidade de trocar as voltas ao ciclo da vida está, contudo, a fazer com que o número  destas medusas natural das águas quentes dos trópicos tenha aumentado de forma significativa.

“Estamos a assistir a uma invasão silenciosa um pouco por todo o Mundo”, avisa Maria Miglietta, do Instituto Tropical Marinho de Smithsonian, em Washington, nos Estados Unidos que estudam a “Turritopsis Nutricola”.



Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório