Cultura

Túmulo Maia encontrado na Guatemala

Arqueólogos acreditam ter descoberto na localidade de K´o, na Guatemala, o túmulo mais antigo de um dos membros reais da dinastia Maia, datado do ano 350 AC.

Versão para impressão
Arqueólogos acreditam ter descoberto na localidade de K´o, na Guatemala, o túmulo mais antigo de um dos membros reais da dinastia Maia, datado do ano 350 AC.

No túmulo, junto ao esqueleto, os arqueólogos encontraram um queimador de incenso com uma imagem gravada que simbolizava o estatuto de realeza entre os Maias, o que confirma que os restos mortais pertenciam a alguém importante, conforme noticia o Daily Mail.

A pessoa que foi enterrada naquele túmulo seria um homem à volta dos 50 anos de idade e em razoável boa saúde na altura da morte. No túmulo foram encontrados vários vasos cerâmicos, jarros e pratos juntamente com o queimador de incenso.

A descoberta foi feita nas fundações de uma casa antiga casa abastada, já em ruínas. “Isto é uma raridade, é antigo”, esclarece o arqueólogo Andrew Kinkella, dos EUA.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub