Saúde

Três mil marcham contra cancro da mama

NULL
Versão para impressão
Centenas de pessoas, sobretudo mulheres, de todas as idades caminharam, este domingo, contra a doença que mata anualmente 1500 mulheres em Portugal e atinge outros milhares. A marcha, entre Alcântara e a Torre de Belém (Lisboa), permitiu angariar fundos para mais um mamógrafo digital.

O aparelho, que permite fazer o rastreio da doença, vai ser entregue ao Hospital do Barlavento Algarvio. Desde a realização da primeira caminhada, a Avon já entregou cinco mamógrafos digitais a instituições públicas de saúde: IPO de Lisboa, Hospital da Universidade de Coimbra, IPO do Porto, Hospital de Ponta Delgada e Hospital Central do Funchal.

Quase toda a gente conhece de perto alguém com uma história de cancro da mama. Muitos contam-na na primeira pessoa, outros falam de familiares e amigos.

Simone de Oliveira marcou presença na marcha e enalteceu estas iniciativas da Avon, que se realizam desde 2004. “Se não fossem estas organizações para apoiar o Serviço Nacional de Saúde, este não tinha capacidade para todas as necessidades”, afirmou a cantora citada pelo Correio da Manhã.

[Notícia sugerida pela utilizadora Elsa Martins]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório