Ciência

Três investigadores lusos premiados internacionalmente

Três estudantes de doutoramento da Universidade do Porto foram distinguidos com diferentes prémios internacionais, pelo trabalho desenvolvido nas respetivas áreas de conhecimento e especialização.
Versão para impressão
Três estudantes de doutoramento da Universidade do Porto foram distinguidos com diferentes prémios internacionais, pelo trabalho desenvolvido nas respetivas áreas de conhecimento e especialização. 
 
Daniel Silva, estudante de doutoramento em Física na Faculdade de Ciências venceu o prémio Corbett, em Bolonha, na passada sexta-feira, dia 26 de Julho. Entregue no âmbito da International Conference on Defects in Semiconductors, o galardão visa a distinção de investigadores de excelência com menos de 35 anos que ali apresentem os seus projetos.
 

De acordo com o comunicado da universidade, também o John Brodie Award foi para João Dias Caetano, doutorando em Física naquela instituição. Atribuído pelo Perimeter Institute, um dos mais prestigiados centros de investigação na área da Física teórica, o galardão foi entregue ao português pela “independência” demonstrada, neste que foi o primeiro trabalho publicado sem supervisão.


Marisa Freitas, estudante de doutoramento em Ciência e Tecnologia do Ambiente, foi distinguida com o prémio de Melhor Apresentação Oral, no 3 º Congresso Ibérico de Cianotoxinas, que decorreu de 10 a 12 de Julho, em Blanes, Espanha. 
 
No trabalho premiado, a também investigadora do Centro Interdisciplinar de Investigação Científica da Universidade do Porto desenvolveu um estudo experimental sobre o impacto de duas cianotoxinas na qualidade nutricional da alface.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub