Saúde

Trabalhar de pé queima tantas calorias como maratonas

Uma experiência realizada no Reino Unido acaba de provar que trabalhar de pé durante cerca de três horas por dia queima tantas calorias como correr 10 maratonas ao longo de um ano.
Versão para impressão
O progresso da tecnologia tem levado a um aumento – perigoso, segundo os especialistas – do número de horas que passamos sentados, comprometendo a saúde. Uma experiência realizada no Reino Unido acaba agora de trazer uma boa razão para contrariar esta tendência, provando que trabalhar de pé durante cerca de três horas por dia queima tantas calorias como correr 10 maratonas ao longo de um ano.
 
Um grupo de investigadores da Universidade de Chester, em Inglaterra, coordenado por John Buckley, conduziu, em parceria com a BBC, um breve estudo para analisar os efeitos da “troca” da cadeira pelas pernas no emprego envolvendo 10 voluntários que trabalham como agentes imobiliários e que foram convidados a estar de pé pelo menos três horas por dia durante uma semana. 
 
Ao longo da experiência, todos os participantes utilizaram um acelerómetro, que registou a quantidade de movimento existente durante o desempenho das suas tarefas, bem como monitores cardíacos e de glicose, que mediram, de forma constante, durante o dia e durante a noite, os níveis de açúcar no sangue. 
 
Os cientistas fizeram as mesmas medições nos dias da semana em que os voluntários passaram mais horas em pé e naqueles em que permaneceram sentados como de costume e, ao analisar os resultados, observaram “diferenças impressionantes”, entre as quais o facto de os níveis de glicose voltarem muito mais rapidamente ao normal depois de uma refeição nas ocasiões em que o tempo despendido à secretária era menor. 
 
Além disso, os monitores cardíacos permitiram constatar que, enquanto estavam de pé, os indivíduos queimavam mais calorias. “Se analisarmos o ritmo cardíaco constatamos que ficam bastante mais elevados – em média, existem mais 10 batimentos por minuto -, o que faz uma diferença de cerca de 0,7 calorias por minuto”, explica Buckley. 

3,6kg de gordura eliminados ao fim de um ano
 

Embora o valor pareça irrisório, o investigador alerta que tal significa uma eliminação de 50 calorias por hora e, para cada três horas gastas em pé durante cinco dias, de 750 calorias. Ao fim de um ano, esta alteração simples permitiria queimar cerca de 30.000 calorias (aproximadamente 3,6kg de gordura).
 
“Fazendo uma comparação com níveis de exercício, podemos dizer que estar em pé durante três ou quatro horas no trabalho seria o equivalente a correr 10 maratonas por ano”, exemplifica o coordenador da investigação.
 
De acordo com Buckley, a prática de exercício físico (nomeadamente ao ar livre) não pode ser descuidada devido aos inúmeros benefícios que apresenta, mas o nosso organismo necessita também do constante e quase impercetível aumento na atividade muscular que acontece quando estamos de pé.
 
Admitindo que nem todos tenham a possibilidade de adotar este tipo de mudança no trabalho, o investigador sugere que se façam, mesmo assim, pequenos ajustes, como estar em pé enquanto se faz um telefonema, ir pessoalmente falar com um colega em vez de enviar um e-mail ou simplesmente optar pelas escadas em detrimento do elevador. 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub