Mundo

Timor: Universidade procura professores lusófonos

A Universidade Nacional de Timor Lorosae (UNTL) está à procura de professores lusófonos para lecionar no ano letivo de 2012, em regime temporário e por pelo menos dez meses.
Versão para impressão
A Universidade Nacional de Timor Lorosae (UNTL) está à procura de professores lusófonos para lecionar no ano letivo de 2012, em regime temporário e por pelo menos dez meses.
 
No total estão disponíveis 15 vagas para docentes de Ensino Superior nas áreas da língua portuguesa, engenharias (mecânica, civil e elétrica), agronomia, agropecuária, agroeconomia, enfermagem e parto. 
 
As candidaturas estão abertas até 11 de Janeiro a professores doutorados ou com mestrado e que tenham, preferencialmente, dois anos de experiência comprovada na área em que se candidatam.
 
De acordo com a Universidade Nacional de Timor Lorosae e a Fundação das Universidades Portuguesas, que está a colaborar na seleção, o desejo de contratar professores lusófonos deve-se a dois objetivos principais.
 
Em primeiro lugar, pretende-se “difundir a língua portuguesa como veículo de ensino, por meio da ampliação do corpo docente lusófono e da paulatina capacitação dos seus quadros no referido idioma”. 
 
Além disso, as entidades envolvidas querem “apoiar a formulação e implementação de novas diretrizes curriculares”.
 
Os professores escolhidos irão lecionar em terras timorenses entre Fevereiro e Novembro deste ano, com uma pausa em Julho, e terão direito a uma mensalidade de 3.500 dólares americanos (cerca de 2.627 euros).
 
Clique AQUI para conhecer as condições de candidatura e todas as informações necessárias.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório