Mundo

Timor Leste: Concurso revela mundo submarino

Mais de 30 fotógrafos participaram no concurso de fotografia submarina que o governo de Timor Leste realizou em outubro para promover o potencial turístico da região. Corais, cavalos marinhos e o raro peixe escorpião, foram algumas das maravilhas sub
Versão para impressão
Mais de 30 fotógrafos participaram no concurso de fotografia submarina que o governo de Timor Leste realizou em outubro para promover o potencial turístico da região. Corais, cavalos marinhos e o raro peixe escorpião foram algumas das maravilhas submarinas registadas pelos fotógrafos.

Ao longo de quatro dias, mais de 30 fotógrafos registraram imagens em 12 locais de mergulho diferentes, todos a cerca de 1h30 de carro da capital Dili. Não foi necessário viajar de barco para encontrar corais, peixes e criaturas raras debaixo de água.

Em cada local foram destacadas equipas com guias, alimentos e atendimento médico para que os fotógrafos mergulhassem com segurança.

Os fotógrafos ficaram surpreendidos com a beleza e excelente preservação da vida submarina timorense. O italiano Edoardo Spacca, que habitualmente passa cerca de 3 meses por ano a fazer mergulho na Ásia, classificou a vida marinha do país como “muito especial”.

“Esta concentração de corais e diferentes espécies animais num só espaço é unica. (..) Há pessoas que viajam milhares de quilómetros para encontrar o peixe-escorpião”, explicou o fotógrafo amador à agência AFP.


Com este concurso, Ramos-Horta, detentor do Prémio Nobel da Paz de 1996, pretende divulgar o potencial da região para o mergulho e promover este tipo de turismo em Timor Leste. Outro objetivo do concurso é aumentar a conciencialização sobre o meio ambiente e a biodiversidade do país.

“Timor Leste foi abençoado com um dos mais ricos e inexplorados mares do mundo. Espero que este evento chame atenção para nossa enorme biodiversidade marinha, o nosso tremendo potencial para o mergulho e leve ao desenvolvimento do mergulho como uma indústria turística aqui no Timor Leste”, afirma Ramos-Horta num video do site oficial do concurso.

“O aspeto mais importante é que a iniciativa vai ajudar a proteger os nossos preciosos mares, recifes e os seus habitantes para as gerações futuras”, acrescentou o presidente.

Os vencedores em seis categorias, incluindo menções honrosas escolhidas pelo presidente Ramos-Horta, receberam prémios que somados chegam a 30 mil dólares (cerca de 21 mil euros).

Consulte aqui o site oficial do concurso ou visite a página do Facebook de Underwater Timor Leste para ver algumas das imagens vencedoras.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório