Em Destaque Sociedade

Tiago Martins distinguido como “Português de Valor”

Na 8ª edição do prémio e de uma seleção de cem personalidades com um distinto percurso profissional, o lusodescendente sai vencedor.
Versão para impressão

 Tiago Martins, produtor e diretor do festival Dancefloor, sai distinguido da 8.ª edição do prémio “Portugueses de Valor”, devido ao seu singular percurso profissional. O reconhecimento partiu de uma seleção e avaliação de cem personalidades responsáveis por levarem a portugalidade além-fronteiras, cujas histórias vão ser reunidas no livro “Portugueses de Valor 2018” e em documentários difundidos na LusopressTV.

O empreendedor Luso-francês, Tiago Martins, concluiu os seus estudos na Escola nacional de Comércio, em Paris, tendo posteriormente concluído um mestrado em Gestão de Empresas, vocacionado para o turismo, na Faculdade de Marne La Vallée. Profissionalmente, o inicio do seu percurso cruzou-se com Portugal, mais concretamente com a Air Luxor. Atualmente, é Diretor Comercial da companhia área Aigle Azur, onde tem a missão de planificar e supervisionar os objetivos e as estratégias da empresa ao nível do marketing e de gestão de rotas. Em 2013, cria a Caticom e 2MEvent, duas empresas de comunicação e de produção de eventos. Para além de Presidente, assume o cargo de executivo e de coordenação das estratégias globais das empresas.

Além disso, Tiago é ainda responsável pela organização do festival Dancefloor, criado em 2015, em Leiria. Depois da admirável edição de 2017, que contou com 18 nomes da impactante cena eletrónica, como Coone, Head Hunterz YVES V, MAKJ, Kura, Kaiser-T e, ainda, mais de 13.000 visitantes o festival Dancefloor, chega a 27 e 28 de julho de 2018 à sua 4ª edição, prometendo o melhor cartaz de música eletrónica do país, com o objetivo de colocar Portugal no circuito internacional de festivais do seu género.

Aos 36 anos, o empreendedor é reconhecido unanimemente pela comunicação social como um dos empresários mais dinâmicos e empreendedores, em especial junto da diáspora portuguesa em França. Segundo o próprio: “É uma tremenda honra ser alvo deste reconhecimento. Todos os dias, eu e a minha equipa lutamos e empenhamo-nos por colocar em prática os projetos que idealizamos, pretendendo fazê-los crescer e viver por si próprios. Não posso estar mais do que grato à “fibra” de ser português! Sinto que todos os traços culturais que apreendi e que comigo, diariamente, carrego me ajudam a vingar e a contribuir para a exposição do país por todo o mundo.”

Além de Tiago Martins, 9 outros lusodescendentes foram distinguidos durante a gala. A iniciativa conta com um programa de visitas ao Porto, Vila Verde, Figueira da Foz, Aveiro, Conímbriga e Lisboa para partilhar as suas histórias e trajetos profissionais e, ainda, ser recebidos pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém.

A Lusopress, que está sediada em França e organiza o evento pela oitava vez, depois de edições anteriores em França, Troia, Viana do Castelo, Açores, Leiria e Vila Real.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub