Cultura

Textos originais de Anne Frank em exposição

O museu de Anne Frank expõe pela primeira vez o diário original de Anne Frank. O mais famoso diário de sempre regressa assim integralmente ao número 263 da rua Prinsengracht, onde durante dois anos a família Frank sobreviveu escondida num sótão em Am
Versão para impressão
O museu de Anne Frank expõe pela primeira vez o diário original de Anne Frank. O mais famoso diário de sempre regressa assim integralmente ao número 263 da rua Prinsengracht, onde durante dois anos a família Frank sobreviveu escondida num sótão em Amesterdão.

Para comemorar os 50 anos da abertura do museu da adolescente judia, o Museu de Anne Frank lançou também uma visita virtual ao anexo onde a família da adolescente símbolo do Holocausto se escondeu durante a ocupação nazi da Holanda.

O apartamento secreto pode ser pela primeira vez visitado via Internet, através de uma animação virtual. Apenas o diário verde e vermelho que Anne recebeu aos 13 anos está pela primeira vez em exposição na casa onde foi escrito. Os restantes cadernos e escritos estão no Instituto Holandês de Documentação sobre a Guerra, de acordo com a AFP.

A exposição dos manuscritos originais de Anne Frank foi inaugurada pela rainha Beatriz como forma de assinalar o seu aniversário que comemora na próxima semana.

O museu de Anne Frank recebe todos os anos mais de um milhão de visitantes. O diário de Anne foi publicado em mais de 60 línguas e é um dos mais famosos testemunhos do Holocausto nazi.

Anne, a irmã e os pais, foram levados pela Gestapo para Auschwitz, em agosto de 1944.  Apenas o pai Otto Frank sobreviveu ao campo de concentração, tendo publicado o diário da filha em 1947.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório