Cultura

Tesouro submarino com 270 mil peças a leilão

Descoberto em 2003 por um grupo de pescadores na ilha de Java, Indonésia, um surpreendente tesouro arqueológico com um total de 271 mil peças de cerâmica, espelhos, bronze, pérolas, rubis e safiras, vai ser leiloado em Jacarta, esta quarta-feira
Versão para impressão
[Foto: AFP]

Descoberto em 2003 por um grupo de pescadores na ilha de Java, Indonésia, um surpreendente tesouro arqueológico com um total de 271 mil peças de cerâmica, espelhos, bronze, pérolas, rubis e safiras, vai ser leiloado em Jacarta, esta quarta-feira. O tesouro foi encontrado num barco naufragado há mil anos e o seu preço inicial está calculado em 60 milhões de euros. 

Luc Heymans, diretor belga da sociedade de exploração submarina Cosmix, refere que este é um dos mais importantes tesouros descobertos na Ásia.

Foram necessários mais de 22 mil mergulhos para resgatar todos os valiosos objetos que se encontravam ainda entre os restos do navio naufragado e encontrado a 55 metros de profundidade.

“Achamos quea bordo do barco se encontrava um embaixador devido à importante quantidade de cerâmicas chinesas encontradas”, explicou Luc Heymans à Agence France-Presse.

E não se trata de qualquer tipo de cerâmicas: foi também encontrado o maior vaso da dinastia Liao alguma vez encontrado. “A localização tinha 40 metros por 40 e era uma autêntica montanha de porcelana. Não se conseguia vislumbrar qualquer vestígio de madeira [pertencente ao navio]”, refere Luc Heymans.

Foram ainda encontradas 11 mil pérolas, quatro mil rubis, 400 safiras e mais de duas mil e duzentas granadas.

O leilão será conduzido pelo Governo local. Esperam-se compradores oriundos da China, Singapura e Japão. As 270 mil peças serão leiloadas como um único artigo.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório