Ciência

Telescópios captam interior da Nebulosa de Águia

Os telescópios da Agência Espacial Europeia (ESA) captaram, pela primeira vez, o interior da Nebulosa da Águia, considerada uma "incubadora" estelar.
Versão para impressão
Os telescópios da Agência Espacial Europeia (ESA) captaram, pela primeira vez, o interior da Nebulosa da Águia e obtiveram imagens que mostram a interação entre as estrelas e o gases e poeiras que as envolvem.
 
Segundo a ESA, a formação das estrelas que se observam depende, precisamente, da baixíssima temperatura dos gases, que ronda os zero graus, o que transforma esta Nebulosa numa verdadeira “incubadora” estelar. 
 
Em 1995, um dos telescópios Hubble tinha captado uma imagem da Nebulosa da Águia que acabou por se tornar uma das mais icónicas do século XX. Porém, nunca tinha sido observada como agora.
 
A nova imagem, captada através de infravermelhos, torna possível a visualização do imenso campo de gás e poeiras que rodeia as estrelas e permite aos astrónomos analisar o interior das estruturas da Nebulosa. 
 
A Nebulosa da Águia, agora fotografada pelos telescópios Herschel e XMM-Newtonm, encontra-se a 6.500 anos-luz da Terra, na Constelação de Serpente. 
 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório