Ciência

Telescópio Hubble capta “berçário” de estrelas

O telescópio Hubble, da NASA, captou uma imagem única de um "berçário" de estrelas de tom rosado que se situa a 50 milhões de anos-luz da Terra e no qual nascem e vivem inúmeros astros jovens.
Versão para impressão
O telescópio Hubble, da NASA, captou uma imagem única de um “berçário” de estrelas de tom rosado que se situa a 50 milhões de anos-luz da Terra e no qual nascem e vivem inúmeros astros jovens.
 
A galáxia NGC 4700 foi descoberta em Março de 1786 pelo astrónomo britânico William Herschel, fica na constelação de Virgem e, de acordo com a agência espacial norte-americana, a sua estrutura é do tipo espiral barrada, não muito diferente da Via Látea. 
 
Junto com a imagem, a NASA divulgou uma pequena nota que esclarece que o brilho das nuvens, de coloração rosa, resulta da interação entre o hidrogénio e a luz ultravioleta emitida pelas estrelas, cujas temperaturas são muito elevadas.
 
A mesma nota adianta também que que a galáxia está a afastar-se do nosso planeta a cerca de 1.400 quilómetros por segundo devido à expansão do Universo e que as suas nuvens são conhecidas como regiões “H II”.
 
A primeira região “H II” foi assinalada em 1610 pelo astrónomo Nicolas Claude-Fabri de Peiresc, que descobriu a Nebulosa de Órion, localizada relativamente perto do nosso Sistema Solar. 
 
Na Via Látea, regiões idênticas têm sido estudadas pelos especialistas com o objetivo de medir a composição química dos ambientes cósmicos, bem como a sua influência sobre a formação estelar. 

Clique AQUI para ver a imagem em alta resolução. 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub