Inovação e Tecnologia

Tele-assistência apoia idosos de Oeiras

O sistema de tele-assistência da Câmara de Oeiras liga os idosos diretamente aos serviços de Proteção Civil em caso de emergência, bastando para isso que os utilizadores acionem o botão de alarme no medalhão que podem usar ao peito ou no pulso.
Versão para impressão
O sistema de tele-assistência da Câmara de Oeiras liga os idosos diretamente aos serviços de Proteção Civil em caso de emergência, bastando para isso que os utilizadores acionem o botão de alarme no medalhão que podem usar ao peito ou no pulso.

Segundo a vereadora da ação social, Elisabete Oliveira, “quer a pessoa se sinta indisposta ou porque ouviu qualquer coisa estranha na escada, mas não consegue chegar ao telefone, basta carregar nesse botão que é atendida imediatamente pelos serviços da Polícia Municipal”, explicou à agência Lusa.

Assim que a tele-assistência é acionada, realiza-se uma triagem: “Se for uma situação urgente, chama-se os bombeiros; se for uma pequena indisposição, liga-se para um familiar; se for uma situação de segurança, chama-se a PSP”, descreveu a responsável.

Lançado há dois anos no concelho de Oeiras, o serviço já é utilizado por 175 idosos, “pessoas que estão naquela idade da vida que percebem o que é estar sozinho e os riscos que podem correr”, referiu Elisabete Oliveira, salientando que o serviço “evita que muitas pessoas tenham de ir para lares, porque podem continuar nas suas casas, porque embora vivam sós, não estão isoladas”.

Os interessados podem adquirir o serviço por 204 euros, sendo que a instalação é feita em casa através da linha telefónica sem qualquer custo adicional. Nos casos de pessoas que não tenham capacidade financeira, o custo da instalação é suportado pela Segurança Social.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub