Cultura

Teatro Rápido: Peças para ver em 15 minutos

Em pleno coração lisboeta inaugura esta terça-feira o Teatro Rápido que desafia o público com um conceito novo que oferece peças de teatro curtas a preços acessíveis. O tema da programação deste mês é a Felicidade.
Versão para impressão
Em pleno coração lisboeta, na Rua Serpa Pinto, inaugura esta terça-feira o Teatro Rápido que desafia o público com um conceito novo que oferece peças de teatro curtas a preços acessíveis. O tema da programação deste mês é a Felicidade.

O Teatro Rápido é composto por quatro salas, nas quais são apresentadas quatro micropeças de teatro (cerca de 15 minutos), de quinta a segunda-feira. Ao fim de semana, duas das salas recebem, pela manhã, peças a pensar nos mais pequenos.

Às terças e quartas, os atores descansam, mas o Teatro Rápido continua com espetáculos no TR BAR que oferece uma programação recheada de performances, concertos, poesia e convidados especiais.

A  programação do Teatro Rápido começa está desenhada para arrancar ao meio-dia com a abertura do TR BAR. Às 17h30 começa a primeira micropeça, sendo que as sessões se estendem até às 21h30, horário que começam os espetáculos às terças e quartas, no TR BAR.

Os bilhetes das micro peças custam três euros, já os espetáculos no Teatro Bar custam quatro euros.
 
A Felicidade marca inauguração do espaço

Esta terça-feira, às 21h30, no TR BAR, Noiserv e Carmen Santos juntam-se para celebrar a Felicidade num espetáculo que junta a música, à poesia, o tradicional à contemporaneidade. A dupla regressa nos dias 16 e 29 de Maio.

“O amor não é um fogão”, “Alice é uma chata e o país das maravilhas é um bluff”, “Comatose” e “Coro dos amantes a caminho do hospital” são as quatro micro peças que, por três euros cada, podem ser vistas durante o mês da inauguração.

Outros destaques de Maio

“A natureza generosa” é o espetáculo de sábados e domingos de manhã, dedicado aos mais pequenos, assinado por Maria de Vasconcelos.

No dia 30 de Maio chega “Muito Riso Muito Siso” um espetáculo que comprova a capacidade de muitos textos lusófonos em dizer grandes coisas, nem sempre com as palavras mais sérias e formais.

É uma diversão músico-poético-teatral interpretada por Luís Fernandes, com guião baseado em textos de Luís Fernando Veríssimo, Mário Henrique Leiria, António Lobo Antunes, Mia Couto, Alexandre O’Neill, Jorge de Sena e Viriato da Cruz, entre outros.

Clique AQUI para consultar o Facebook do Teatro Rápido.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório