Inovação e Tecnologia

Táxis com botão de pânico para aumentar segurança

Os taxistas portugueses poderão ver a sua segurança aumentada graças a um sistema inovador que permite premir um botão de pânico e disparar um alarme na central.
Versão para impressão
Os taxistas portugueses poderão ver a sua segurança aumentada graças a um sistema inovador que permite premir um botão de pânico e, automaticamente, disparar um alarme na central em caso de emergência. 
 
O presidente da Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL) explicou à agência Lusa como funciona o sistema. “Os carros ficam equipados com um botão de pânico que, quando acionado, faz disparar um alarme na central e o carro é seguido em tempo real para onde se dirigir”, esclareceu.
 
Segundo Florêncio Almeida, pretende-se que,  no futuro, o sistema – batizado Central Nacional de Táxis Digital (CNTD) – tenha “uma linha direta para a central da PSP, para que a própria polícia possa acompanhar o táxi”. No entanto, para já, será a central alertada a comunicar a situação às autoridades.
 
Além disso, acrescentou o responsável, o novo equipamento, que é inédito no país, dá ao próprio empresário do setor a hipótese de “gerir mais eficazmente a sua frota” com recurso a uma palavra-passe que lhe dá acesso a todas as suas viaturas. 
 
O presidente da ANTRAL afirmou ainda que o equipamento pode ser instalado em qualquer táxi e não apenas nos dos seus associados e que, atualmente, há já 253 empresas inscritas para proceder à instalação.
 
Esta instalação exige um investimento de 450 ou 600 euros, consoante a versão pretendida, sendo que a única diferença entre os dois reside no tamanho do ecrã do sistema de navegação GPS integrado. 
 
Depois, as mensalidades serão de 20 euros por carro. “Só em comunicações temos custos fixos de 12,99 euros por mês. Depois, temos pessoal a trabalhar na central 24 horas por dia, mais eletricidade e mais água. Até considero que é um custo relativamente baixo”, referiu.
 
A CNTD começou a ser testada há um mês em táxis de várias cidades do país, entre elas Barcelos, Barreiro, Santarém, Faro e Viana do Castelo. 

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub