Negócios e Empreendorismo

TAP entre as 10 companhias mais seguras do mundo

A TAP é a sétima companhia aérea mais segura do mundo. A conclusão é do centro de investigação para a segurança na aviação JACDEC, que, anualmente, divulga a lista das transportadoras aéreas que mais garantias oferecem aos passageiros.
Versão para impressão
A TAP é a sétima companhia aérea mais segura do mundo. A conclusão é do centro de investigação para a segurança na aviação JACDEC, que, anualmente, divulga a lista das transportadoras aéreas que mais garantias oferecem aos passageiros com base no acompanhamento de dados sobre acidentes que acontecem pelo globo. 
 
A companhia de bandeira portuguesa surge no “top 10” das mais seguras a nível internacional em 2012, sendo a lista liderada pela Finnair, a maior transportadora aérea da Finlândia, cujo principal centro de operações é o Aeroporto de Helsínquia-Vantaa. A completar o pódio estão a Air New Zealand (2º), da Nova Zelândia, a Cathay Pacific Airways, companhia com sede em Hong Kond (3º). 
 
De destacar também a presença, entre as 10 melhores do mundo, e à frente da TAP, de duas companhias aéreas do Médio Oriente que têm vindo a afirmar-se, a Emirates e a Etihad Airways, ambas dos Emirados Árabes Unidos. Acima da transportadora portuguesa aparece ainda a Eva Air, empresa aérea de Taiwan. 
 
Apesar de ultrapassada por estas companhias orientais e de ter caído três lugares em relação a 2011 (devido à idade da frota), a TAP Portugal mantém-se à frente de nomes fortes do transporte aéreo como a British Airways, do Reino Unido, ou a Lufthansa, da Alemanha. 
 
No fim da lista, que reúne um total de 60 companhias, estão as brasileiras GOL Transportes Aéreos e TAM Airlines, a Air India e a chinesa China Airlines, que encerra o ranking.
 
Segundo o JACDEC, esta lista baseia-se “nos cálculos anuais de segurança” que incluem acidentes com perda total do aparelho e incidentes graves nos últimos 30 anos de operação em relação à quantidade de passageiros (clientes, não membros da tripulação) transportados por quilómetro no mesmo período. 
 
Além disso, a investigação dá importância ao fator tempo, aumentando o peso de acidentes recentes e enfraquecendo o de problemas antigos.

Clique AQUI para aceder ao ranking completo do JACDEC relativo a 2012.

Notícia sugerida por Carla Neves e Diana Rodrigues

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub