Mundo

Tailândia: Dono recupera cão raptado para “refeição”

O aumentado dramático de captura e contrabando ilegal de cães que são recolhidos para as mesas de países como a China ou o Vietname está a chocar a Tailândia. Mas no meio da revolta dos tailandeses houve um final feliz
Versão para impressão

O aumentado dramático de captura e contrabando ilegal de cães que são recolhidos para as mesas de países como a China ou o Vietname está a chocar a Tailândia. Mas no meio da revolta dos tailandeses houve um final feliz: um homem conseguiu recuperar o seu cão que tinha sido capturado pelos contrabandistas. 

O tailandês Sompong Lertjitcharoenboon perdeu o seu cão na altura do Natal, durante um espetáculo de fogo de artifício. O incidente ocorreu um mês antes do Ano Novo Chinês, altura em que o consumo de carne canina aumenta em alguns países asiáticos.

“Pensei que ele estava apenas assustado e que regressaria em breve”, admitiu Sompong, em declarações à BBC. No entanto, o animal continuou desaparecido durante semanas e o dono já tinha perdido a esperança de o reencontrar.

Entretanto, um canal de televisão do país mostrou uma reportagem sobre a recolha ilegal cães, denunciando um camião detido pelas autoridades com 800 animais colocados em jaulas, que iriam atravessar a fronteira em Laos, para depois seguir em direção ao sudeste asiático.

Sompong reencontrou o seu cão num abrigo de animais

Apesar de ter perdido o animal de estimação a 600km do local da operação policial, Sompong teve a esperança de que o seu cão, Tao Tao, pudesse estar entre os cães filmados que foram recolhidos por um abrigo. Decidiu por isso dirigir-se ao local que tinha acolhido os animais resgatados.

A perseverança do tailandês foi recompensada. “Ele veio cá e levou o cão nos braços. A sua mulher perguntou: 'Aquele é o Tao Tao?', e ele não conseguia responder porque chorava emocionado”, conta o veterinário do abrigo, Paisarn Pattanadejkul, citado pela BBC.

De acordo com o mesmo veterinário, centenas de pessoas foram ao local procurar os seus cães, mas apenas Tao Tao reencontrou o dono.

O comandante da operação de resgate, Terrakiet Thong, explicou à BBC que as pessoas, na Tailândia, “pagam 300 a 400 baht (cerca de 7 a 10 euros) por um cão” mas que ” o preço sobe até aos 1000 baht (perto de 25 euros) ou mais quando o animal passa por três ou quatro países”,

Canis tailandeses lotados

O grande número de animais recuperados nestas operações representa também um problema para os canis, que estão a ficar lotados.

No abrigo de Buriram, onde Tao Tao foi encontrado, os cães recolhidos são bem tratados e, apesar do número crescente de cães a dar entrada no local, abater os animais não é uma opção.

“Receio que, se recebermos muitos mais cães, não teremos dinheiro para mantê-los em termos de alimentação e medicação”, disse o veterinário Paisarn acrescentado: “Somos um país budista que acredita na reencarnação, pelo que matar um cão é um pecado”.

As autoridades estimam que 25% dos 2 mil cães que se encontram no abrigo são roubados dos donos. Os demais deverão ser animais de rua que foram recolhidos pelos contrabandistas.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório