Saúde

Surto de cólera abrandou no Haiti

O número de mortes no Haiti provocados pelo surto de cólera parece estar a abrandar depois de uma intervenção de grande escala por parte de uma multinacional para limitar o alastramento da doença que até agora matou, de acordo com a Reuters, 259 pess
Versão para impressão
O número de mortes no Haiti provocados pelo surto de cólera parece estar a abrandar depois de uma intervenção de grande escala por parte de uma multinacional para limitar o alastramento da doença que até agora matou, de acordo com a Reuters, 259 pessoas no país.

O Governo espanhol enviou esta segunda-feira um avião com 15 toneladas de apoio humanitário para ajudar a região.  Soro, material sanitário e pastilhas para desinfetar água são os materiais que o Governo espanhol decidiu enviar para apoiar 3.600 pessoas.
            
Nas últimas 24 horas terão morrido apenas seis pessoas, contudo, as autoridades ainda receiam que a doença se alastre para a capital, ou outras zonas e países limítrofes.
“Se a cólera espalhar-se até à capital será devastador”, alerta Phoebe Greenwood da associação humanitária “Save The Children”, citada pela Euronews.

Cinco casos de cólera foram detetados na capital de Port-Au-Prince mas foram imediatamente detetados e isolados.   

A cólera é uma infeção aguda que rapidamente desidrata o corpo causando vómitos e diarreia. Se não for tratada dentro de 24 horas será fatal. Alastra-se através do consumo de água ou comida infetada pela bactéria.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório