Mundo

Sudão: programa de vigilância previne violência

A Google em parceria com a organização não-governamental "Not on Our Watch", do ator norte-americano George Clooney, anunciou o lançamento de um programa de vigilância por satélite para ajudar a prevenir uma guerra civil no Sudão.

Versão para impressão
A Google em parceria com a organização não-governamental “Not on Our Watch”, do ator norte-americano George Clooney, anunciou o lançamento de um programa de vigilância por satélite para ajudar a prevenir uma guerra civil no Sudão.

O “Satellite Sentinel Project” irá monitorizar a fronteira entre o norte e sul do Sudão e entrará em funcionamento a poucos dias do referendo à independência no país a 9 de Janeiro e que poderá ficar assim dividido em dois.

A ONG de George Clooney irá financiar a primeira fase do projeto que combina imagens satélite em tempo real com análises a partir do terreno que irão dar conta de todos os movimentos das tropas, civis e sinais potenciais de conflitos que venham a surgir.

Os dados serão analisados, publicados e disponibilizados a todo o mundo na internet pela Google e pela ONU. Espera-se que os pré-avisos ajudem a reduzir de forma significativa o risco de violência.

“Queremos que os potenciais responsáveis de genocídios e outros crimes de guerra saibam que estão a ser vigiados, que o mundo os está a ver”, explica George Clooney num comunicado citado pela Press Association. “Os criminosos de guerra atuam na obscuridade. É muito mais difícil cometer estas atrocidades sob o olhar dos media”, conclui.

Pode saber mais no site oficial www.satsentinel.org.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub