Fitness & Bem-estar

Studio Roulette: ‘Daddy cool’ ou ‘pai digital’?

Todos os dias são bons dias para lembrarmos como os pais são importantes na nossa vida. E porque há muitas formas de ser pai, o Studio Roulette deixa aqui seis retratos dos 'estilos' de pais que há hoje em dia.
Versão para impressão

O Dia do Pai é como o Natal: é quando um(a) filho(a) quiser! Todos os dias são bons dias para lembrarmos como os pais são importantes na nossa vida. E porque há muitas formas de ser pai, o Studio Roulette deixa aqui seis retratos dos ‘estilos’ de pai que há nos dias de hoje! Algum lhe soa familiar? 
 
#1 – Daddy Cool
Porque não começar pelo pai porreiro, boa onda, sempre compincha e amigo? É o pai que todos querem (embora às vezes possa ser chato por dar pouco espaço). Os passeios são sempre garantidos, bem como a diversão e a especial apetência por aventuras. A imposição das responsabilidades (como a hora do estudo) são por norma passadas às mães.
 
#2 – O pai antiquado
Internet, ecrã tátil ou qualquer proximidade com a tecnologia não é para este pai que encara as redes sociais como uma moda ‘chata’ e passageira. E não são só estas as modernices que são olhadas de lado: as saídas à noite são controladas (em particular com as filhas) e há sempre horas para comer, horas para dormir, horas para acordar… Este pai à moda antiga desperta ao menos a criatividade nos filhos, já que obrigada a várias artimanhas para fugir às regras.

#3 – O pai de negócios
Ao pai de negócios nada escapa. Podemos facilmente acompanhar o sentido de humor através das ações do mercado ou viabilidade dos seus negócios. Tem o tempo quase todo ocupado e quando dispensa um bocadinho de si aos filhos muitas vezes é para negociar: se te portares bem, recebes um bónus. O bom disto é que ensina os filhos a ter estratégia de futuro e a criar objetivos na vida.
 
#4 – O padrasto
A palavra “padrastro” pesa. Culpa dos contos de fada que colocavam sempre a personagem de padrasto (ou madrasta) como o mau da fita. Não sendo pai biológico, tem o dobro do trabalho: conquistar a mãe e os filhos e nalguns casos, talvez seja melhor o inverso. É um elemento ‘estranho’ à família biológica e nem sempre são bem-vindos, pelo menos no início. Ainda assim, faz muitas vezes o papel de pai e, ao contrário dos contos de fadas, podem nascer daqui verdadeiras relações de amizade e confiança.

#5 – O pai exigente
Exames com 20 valores, praticar desporto, ser responsável, cumprir as regras. Este pai exige o máximo dos filhos. Não os larga de vista, sabe os seus passos e tem sempre argumentos para levar a sua avante. Nunca parece satisfeito (na verdade está, só que não admite). É por isso um pai presente e eficiente mas exigente.

#6 – O pai 'digital'
Redes Sociais? Smartphones? Selfies? Se tu dominas, eu vou saber ainda mais do que tu. Não nos deixemos enganar: Há pais que sabem mais do que nós no que diz respeito à era digital. Consultam os sites para estarem em cima das novidades, querem ter no bolso o último modelo do melhor smartphone do mercado e são ativos no Facebook (às vezes para desgosto dos filhos que assim perdem alguma “privacidade” online), fazem likes e comentários a todas as fotografias e “estados de alma” dos filhos. Um pai sempre ligado, portanto! 

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório