Cultura

Soprano portuguesa no Grande Teatro Nacional da China

A soprano portuguesa Elisabete Matos cantou no sábado à noite no Grande Teatro Nacional da China, em Pequim, enquanto protagonista feminina da ópera 'Turandot', de Puccini. Em apenas dois meses, esta é a segunda atuação da artista na capital chinesa,
Versão para impressão
A soprano portuguesa Elisabete Matos cantou no sábado à noite no Grande Teatro Nacional da China, em Pequim, enquanto protagonista feminina da ópera 'Turandot', de Puccini. Em apenas dois meses, esta é a segunda atuação da artista na capital chinesa, apresentada pela Televisão Central daquele país como “a diva portuguesa”. 
 
A primeira vez que Elisabete Matos subiu a um palco asiático foi em Agosto, num espetáculo comemorativo do segundo centenário do nascimento do compositor italiano Giuseppi Verdi (1813-1901), também no Grande Teatro Nacional da China.
 
O Grande Teatro Nacional da China, conhecido pelo nome inglês de National Center for Perfoming Arts (NCPA), é um dos novos ícones arquitectónicos de Pequim, desenhado pelo francês Paul Andreu.


Depois de comemorar, em Janeiro, 25 anos de carreira, a soprano lusa actuou também na Coreia do Sul, onde cantou outra ópera de Puccini, 'A Tosca'. No próximo mês, irá interpretar o mesmo papel em Nova York.
 
A 'Turandot' apresentada em Pequim é uma produção do Grande Teatro Nacional da China, dirigida pela encenadora Chen Xinyi. No programa, Elisabete Matos é descrita como “convidada frequente de várias salas de concerto” cujo reportório “vai de Bach (1685-1750) à música contemporânea”.

Notícia sugerida por Maria Pandina e Elsa Fonseca

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub