Inovação e Tecnologia

Software português vai ser utilizado pela NATO

O software "SAFEPORT", desenvolvido pela empresa portuguesa Edisoft, vai ser utilizado pela NATO. O programa informático permite dar apoio a operações navais e manter a atividade portuária normal.
Versão para impressão
O “SAFEPORT”, desenvolvido pela empresa portuguesa Edisoft, vai ser utilizado pela NATO. O programa informático permite dar apoio a operações navais e manter a atividade portuária normal.
 
Este software com selo português, desenvolvido pela Edisoft em parceria com a Marinha e com as Universidades de Lisboa, Porto e Évora, vai ser utilizado no futuro pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) . 
 
O software insere-se no quadro do Programa de Defesa contra o Terrorismo da Aliança Atlântica, que foi proposto a Portugal e financiado pela NATO em cerca de dois milhões de euros.

De acordo com a Lusa, o sistema informático português tem como objetivo “aumentar o nível de proteção de forças expedicionárias em portos e permitir, simultaneamente, manter a atividade portuária normal”.
 

Um protótipo do “SAFEPORT” já foi apresentado no quartel-general da organização, em Bruxelas.
 
Notícia sugerida por Patrícia Guedes

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub