Negócios e Empreendorismo

Site: Investir sete euros para concretizar uma ideia

NULL
Versão para impressão
Com uma boa ideia e sete euros de investimento pode tornar realidade uma das suas ideias. No site www.quirky.com há uma comunidade sedenta de novos projetos. Para além dos sete euros, basta uma pequena descrição do objeto que quer vender ao mundo, identificar o público-alvo e publicar uma fotografia ou fazer um desenho ilustrando aquilo de que fala. Se conseguir muitos votos, a Quirky encarrega-se de concretizar a sua ideia.
 
Se já lhe aconteceu ver no supermercado ou num anúncio da TV um objeto inventado por alguém de que já se tinha lembrado, então este site é para si.
 
Ben Kaufman é um jovem empreendedor de sucesso, pai do site que facilita aos inventores em potência espalhados pelo mundo concretizar o seu negócio por apenas 10 dólares (cerca de sete euros).

Nesta espécie de rede social, a Quirky, há lugar para inventores mas também para os consumidores. São eles que avaliam as invenções alheias, votando, e assim decidindo, se as querem ou não no mercado, num verdadeiro estudo de mercado que é uma primeira triagem.
 
Caso a sua ideia passe na avaliação do exigente público a que esteve submetida durante uma semana, conseguindo um número mínimo de pontos exigido, a ideia passa para as mãos da equipa da Quirky.

É esta a equipa que a poderá validar desde o ponto de vista de conceção e comercialização do produto. Se a ideia for promissora transforma-se num produto e  salta para o mercado mundial.

Vem então a fase de investigação, desenho, marca, engenharia e finalização, a análise de pré-venda, isto é, quando se define o modelo de negócio e preço, e, claro, a produção. Depois é ver a sua invenção na loja on-line da Quirky, onde é vendido a pequenos e grandes consumidores, que por sua vez podem tratar da revenda.

Quanto a lucro, o autor destes objetos selecionados ganha entre 4% a 12% do valor de venda do seu produto. Quando a venda é feita on-line, ou seja através da internet, ganha 12%, quando é off-line, ou seja, através da distribuição ganha 4%. É importante reter que o produto não pode custar ao consumidor mais que 150 dólares (cerca de 105€).
 
Para exemplificar em termos de valores, com 50.000 unidades vendidas de um produto que custe, por exemplo, 25€, o inventor receberá entre 50.000€ e 150.000€, fruto de um investimento de sete euros apenas e sem ter de se preocupar com nada.

No site, não só pode saber quem inventou o quê, como pode ver quem são os principais inventores da rede e quanto já ganharam. Há quem chegue perto dos 20 mil dólares (14 mil euros, aproximadamente).
 
De entre os objetos à venda há bases individuais para escovas de dentes, suportes para sacos de lixo que se prendem ao balcão, balanças do tamanho de um dedo que pesam malas de viagem e brinquedos para cães que largam biscoitos. Já está com ideias?

Veja no vídeo abaixo como funciona a Quirky e clique no link acima para imagens de alguns dos projetos.


[Notícia sugerida por Teresa Teixeira]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório