Cultura

Sintra vai acolher Festa Literária Internacional

Por iniciativa de Gonçalo Bulhosa, co-fundador da Oficina do Livro e presidente da empresa Ilumine-se Ideias Culturais, vai nascer a Festa Literária Internacional de Sintra (FLIS). O evento vai realizar-se nos dias 11, 12 e 13 de novembro, no Centro
Versão para impressão
Por iniciativa de Gonçalo Bulhosa, co-fundador da Oficina do Livro e presidente da empresa Ilumine-se Ideias Culturais, vai nascer a Festa Literária Internacional de Sintra (FLIS). O evento vai realizar-se nos dias 11, 12 e 13 de novembro, no Centro Cultural Olga Cadaval.

A FLIS inspira-se Festa Literária Internacional de Paraty, no Brasil, um dos mais importantes eventos literários do mundo, que só no ano passado atraiu mais de 20 mil visitantes.

Em Sintra, a primeira edição desta celebração do livro e dos escritores terá cerca de 30 convidados, que irão debater a escrita nas suas mais variadas vertentes – jornalismo, humor, sociologia, entre outras. O público poderá participar nestes debates através de perguntas escritas, dirigidas à mesa.

Além das sessões de autógrafos, os visitantes poderão usufruir ainda da Livraria Oficial da FLIS, cafés literários e uma loja de merchandising.

“O espírito é tornar o Centro Cultural Olga Cadaval um espaço aberto, muito dinâmico, com acontecimentos durante os intervalos entre palestras. O espírito de festa é o mesmo da FLIP, mas tudo o resto será diferente, pois Sintra, no inverno, não é comparável ao calor das ruas de Paraty”, explica Gonçalo Bulhosa ao jornal Público.

Os escritores portugueses João Tordo, Pedro Paixão e Joana Amaral Dias já confirmaram a sua presença na FLIS, mas a organização frisa que também estão a ser endereçados convites a figuras da literatura internacional.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub