i9magazine

Sinalética digital: O futuro da comunicação

Versão para impressão

Independentemente da resposta que cada pessoa possa dar, Portugal tem algumas das melhores empresas que atuam neste mercado.

A Famasete, com mais de 20 anos de existência e experiência, centra-se em soluções interativas e informativas disponíveis em suportes variados (mesas, mupis, paredes multi-toque e quiosques multimédia interiores).

PME Líder e membro da Rede PME Inovação COTEC, a empresa de Vila Nova de Famalicão foi distinguida recentemente no Dubai, por ocasião dos Digital Signage Awards MENA. O Prémio Especial foi atribuído à linha Wingsys que possui quase uma dezena de variantes de hardware, dois cenários de software (educacional ou empresarial) e diversas personalizações consoante o ramo de atividade previsto, seja ele administração pública, banca e seguros, turismo e hotelaria, educação e ensino, centros comerciais e retalho, museus e bibliotecas, eventos e exposições, etc…

Com este galardão, a Famasete tem a porta aberta para explorar novas oportunidades nos mercados arábicos, além de este ano poder participar num espaço especial de um dos principais certames mundiais do segmento, o ISE – Integrated Systems Europe, em Amsterdão.

José Barbosa, administrador da empresa, defende que a Famasete segue as “tendências da sinalética digital global” e ocupa um lugar na vanguarda “dos que desenvolvem e exploram as potencialidades das novas tecnologias digitais, a pensar em cidades crescentemente inteligentes”.

Empenhada em lançar produtos inovadores, para responder aos 20 mercados em que opera, a Famasete poderá apresentar em breve uma mesa interativa de sala de estar, com ecrã touch, para ser colocada perto do sofá, numa sala de espera de uma empresa ou de um restaurante, coCaptura de ecrã 2016-01-21, às 14.04.26m acesso à internet e/ou com informação sobre a entidade.

A Edigma é outro exemplo do melhor feito em termos de desenvolvimento de soluções multimédia e experiências interativas. Com 10 anos de história, acredita ser capaz de criar experiências humanas resultantes da combinação do espaço físico com o espaço digital.

É a única empresa portuguesa nomeada para os InAvation Awards 2016, um dos mais importantes prémios da Europa, África e Médio Oriente do setor audiovisual. O projeto interativo da empresa de Braga para o centro comercial Alegro Setúbal está nomeado na categoria retail. Entre as inovações desenvolvidas, a Edigma estabeleceu uma parceria com a Schindler, patente nos elevadores. Otimizados com ecrãs LED, proporcionam um meio único de comunicação e de troca de mensagens em tempo real entre quem circula no centro comercial e os utilizadores do elevador. Há ainda painéis digitais; paredes interativas em locais menos visitados do centro comercial, com o objetivo de dinamizar e surpreender; mesas interativas na zona de alimentação; espaço de recreio, onde os mais pequenos podem brincar, jogar e estimular sentidos com ecrãs multi toque.

Para o Museu do Vinho de São João da Pesqueira, a Edigma trabalhou em conjunto com os curadores, criando uma exposição com aplicações interativas, mesas multitoque,

projetores e tecnologia de deteção de movimento. Instalou ainda uma rede de 60 mesas de última geração com informação turística do Alentejo e Ribatejo.

Identificamos assim paradigmas de excelência nacional no segmento da sinalética digital que, como suporte de comunicação, favorecem uma permuta com o público.

www.famasete.pt

www.edigma.com

O conteúdo Sinalética digital: O futuro da comunicação aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub