Saúde

SILS Port reduz cicatrização

As cirurgias laparoscópicas contam com uma nova técnica, o SILS Port. A novidade está na possibilidade de realizar uma laparoscopia com uma única incisão no umbigo para operações à zona do abdómen.

Versão para impressão
As cirurgias laparoscópicas  contam com uma nova técnica, o SILS Port. A novidade está na possibilidade de realizar uma laparoscopia com uma única incisão no umbigo para operações à zona do abdómen.

A tecnologia está implementada em todo o mundo e em Portugal com resultados eficazes na redução da dor e na redução das cicatrizes. A incisão sendo feita no umbigo não cria novas cicatrizes, proporcionando efeitos cosméticos bastante mais favoráveis.

O SILS (Single Incision Laparoscopic Surgery) está a ser aplicado a operações simples, como ao apêndice ou à vesícula, aplicação de bandas gástricas, remoção do apêndice, vesícula, ovários ou reparações de hérnias.

Rui Ribeiro, médico do Hospital de São José, em Lisboa, foi precursor no nosso país da técnica da laparoscopia única. Realça que é precisa prática e adaptação do cirurgião ao equipamento, mas as as vantagens são evidentes já que por ser menos agressiva proporciona menos dor ao doente e reduz o risco de perfuração de outros orgãos.

Há restrições na aplicação desta nova técnica a pessoas que devido a operações anteriores tenham cicatrizes internas.



Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório