Mundo

Seul desbloqueia ajuda médica a Pyongyang

NULL
Versão para impressão
A Coreia do Sul vai retomar a assistência médica à Coreia do Norte através da Organização Mundial de Saúde (OMS), que pertence à ONU. Segundo a BBC, o governo de Seul autorizou a OMS a libertar os cinco milhões de euros que havia doado em 2010 para prestar auxílio humanitário à Coreia do Norte.

A suspensão deste apoio aconteceu em 2010 quando a corveta Cheonan, pertencente ao governo de Seul, se afundou e faleceram 46 pessoas. O acontecimento foi atribuído, pela Coreia do Sul, a um ataque submarino de Pyongyang (Coreia do Norte).

Nos últimos meses, segundo a BBC, houve um alívio de tensão entre os dois países. Por outro lado, também têm ocorrido vários contactos diplomáticos no sentido de chegar a um entendimento sobre o desarmamento nuclear.

Citada pela BBC, a agência noticiosa da Coreia do Sul, a Yonhap, afirma que esta decisão de libertar o dinheiro tem como objetivo aliviar a situação humanitária dos que são mais vulneráveis: bebés e crianças que precisam de cuidados de saúde.

[Notícia sugerida por Patricia Guedes]

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub