Ambiente

Serra de Santa Justa reflorestada com 500 árvores

A Serra de Santa Justa, em Valongo, considerada um dos "pulmões" do grande Porto, foi alvo de uma ação de reflorestação este fim de semana com a plantação de 500 árvores autóctones.
Versão para impressão
A Serra de Santa Justa, em Valongo, considerada um dos “pulmões” do grande Porto, foi alvo de uma ação de reflorestação este fim de semana com a plantação de 500 árvores autóctones.

“A campanha de reflorestação e sementeira na Serra de Santa Justa decorreu em terrenos da autarquia. Incluiu a plantação de sobreiros, carvalhos, medronheiros e castanheiros, espécies autóctones de Portugal”, revelou à Lusa Carla Pardal, da Divisão de Proteção do Ambiente da Câmara de Valongo.

A tarefa envolveu o movimento Limpar Portugal, em parceria com a Câmara Municipal de Valongo, Governo Civil do Porto, Comando Distrital da Proteção Civil e Quercus.

“Estamos a começar pelos terrenos da Câmara, mas a intenção é plantar toda a serra”, realçou Carla Pardal, um processo que pretende também acabar com o domínio da floresta de eucalipto, “menos resistente à propagação de incêndios” por espécies da região.

A iniciativa dá sequência a diversas campanhas de reflorestação dinamizadas nos últimos três anos que já permitiram plantar na serra de Santa Justa cerca de 4.500 árvores.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub