Em Destaque Semana à borla

Semana de 28 de julho a 3 de agosto

Mais uma semana, mais um leque de sugestões de eventos culturais e outras iniciativas, sem gastar um tostão!
Versão para impressão
Norte

 

ESMAE Jazz Jam Sessions – Porto

Jazz Jam Sessions todas as terças-feiras no Café Concerto Francisco Beja, na ESMAE. Entrada livre, com convite ao donativo consciente para o departamento de jazz.

Mercado de Artesanato do Porto – Porto

O artesanato nacional em geral e da região em particular presente, numa feira onde quase tudo é feito à mão. A Feira de Artesanato do Porto tem lugar entre a Praça Parada Leitão.No mercado, o público pode conhecer os produtos artesanais de cerca de 80 comerciantes, enquanto passeia pelo Centro Histórico do Porto. Sendo um evento ao ar livre, o seu funcionamento está sempre dependente das condições climatéricas. Esta feira foi uma das primeiras dez a receberem o “selo” de qualidade promovido pela Porto Lazer, em articulação com o Pelouro de Fiscalização e a Polícia Municipal, com a designação “Mercados Urbanos do Porto”.

Há música no parque – Tributo a Eric Clapton – Vila do conde

O Município de Vila do Conde e Dream Sessions prestam tributo a Eric Clapton, num  evento onde o Blues é de novo bem vindo a Vila do Conde. O parque da cidade João Paulo II é o local ideal para receber mais um “há música do parque”, que pretende levar aquele local grandes concertos de Verão. No dia 29 de julho haverá a atuação de Blue Bird Trio, às 18h00, e concerto interativo a Eric Clapton a partir das 21h30.

Open Day – V.N. Gaia

Sábado, 29 de julho, dia de entrada livre no Parque Biológico de Gaia, o tema escolhido é “Exóticas – todos podemos ser causa e solução”. A ideia consiste em dar a conhecer a problemática da introdução de espécies exóticas e seus impactos, bem como algumas formas de mitigar os danos. O programa inicia de manhã pelas 10h30 com um workshop sobre erradicação de exóticas e de tarde, às 15h00, há um teatro de fantoches no auditório subordinado ao título “Os nossos cágados estão em perigo”.

Apresentação «Uma autobiografia», de Rita Lee, por Álvaro Costa – Porto

Sábado, dia 29 de julho, às 22h00, na FNAC do NorteShopping, em Matosinhos, o locutor Alvaro Costa (Oficial) apresentará o livro “Uma autobiografia”, de Rita Lee. A autora não estará presente na sessão.

Encontro de Bandas Filarmónicas – Porto

O tradicional Encontro de Bandas Filarmónicas regressa à Casa da Música para saudar o público com um pouco do ambiente vivido nas grandes romarias que percorrem o país nesta altura do ano. Começando com a arruada no exterior do edifício, é no palco da Sala Suggia que ecoará o melhor do repertório filarmónico. Ao longo de dois dias, esta é uma oportunidade para se ouvir o trabalho de algumas formações que levam muito a sério a prática musical e o ensino de jovens instrumentistas, numa Casa que se torna também ponto de encontro para as trocas de experiências entre “músicos filarmónicos”. Na Casa da Música pelas 15 horas, no dia 30 de julho.

 

Centro

 

Conversas de Viajantes – Coimbra

Em cada sessão, um ou mais oradores apresentam oralmente uma viagem “diferente” dos circuitos tradicionais turísticos que tenham feito no planeta Terra. Privilegiam-se viagens a destinos / trajetos arrojados, com espírito aventureiro e a baixo custo, partilhando essas experiências, histórias, curiosidades de forma informal, dando conselhos também a quem pense em fazer algo do género. José Ramos irá contar como descobriu a Índia, no dia 28 de julho às 19h.

QuebraJazz 2017: Quinteto Luís Cunha – Coimbra

“Esta formação, que conta com alguns dos mais criativos músicos portugueses de diferentes gerações, dá corpo às minhas mais recentes criações musicais, recentemente registadas num disco que sairá muito em breve. Neste disco registam-se duas estreias: o meu primeiro disco como líder e o meu primeiro álbum como trompetista.” Dia 28 de julho às 22h30.

Festival (in)Comum – Coimbra

Dia 28 de julho a música independente invade a Baixa de Coimbra com showcases, concertos, documentários e dj sets. Um evento organizado pela Lugar Comum e Baixa de Coimbra.

De Aveiro para o mundo – Aveiro

Exposição que tem como objetivo procurar posicionar a então Vila de Aveiro nesta empresa nacional com contornos globais, tendo em conta a sua tradição na construção naval e navegação de alto mar, a par com o reflexo [retorno] ao nível de circulação de produtos locais e de acesso a novos produtos e gostos importados. A exposição está patente no Museu de Santa Joana.

 

Lisboa e Vale do Tejo

 

Forró do Pablito – Lisboa

A sua melhor opção de sexta-feira, é o Forró do Pablito no Martim Moniz, o verão chegou e nada melhor do que dançar ao ar livre. Quem dança é muito mais feliz.

Noites de verão – Lisboa

No seu oitavo ano de vida, o ciclo de concertos Noites de Verão apresentar-se-á em julho no Jardim dos Coruchéus, em Alvalade, pela primeira vez, e o habitual Jardim das Esculturas do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado em Agosto, mantendo-se o horário das Sextas-feiras, pelas 19h30, e com entrada livre.

Festival ao Largo – Lisboa

“Nas noites quentes de Verão e ao ar livre, o Festival ao Largo, na sua já 9ª edição, festejará, uma vez mais, as artes teatrais, o canto, a música e a dança. Este ano teremos mais artistas convidados que compartilharão o palco do Largo em programas que contarão igualmente com a participação sempre tão aclamada do Coro do Teatro Nacional de São Carlos, da Orquestra Sinfónica Portuguesa e da Companhia Nacional de Bailado. O Festival ao Largo orgulha-se da crescente adesão de um público em festa que acorre aos milhares, bem como dos inúmeros sucessos alcançados nas edições anteriores graças a programas criteriosamente elaborados onde se procura a divulgação de um repertório mais abordável, sempre a pensar na captação de um público mais vasto.” Até 29 de julho, no largo do teatro Nacional São Carlos.

Vislumbre Deslumbre – Lisboa

A Fundação AFID Diferença apresenta na Casa-Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa, a Exposição Vislumbre Deslumbre, a mostra de trabalhos realizados pelos artistas da Fundação e que estará patente até 29 de julho.

DanceAbility Urban Intervention – Lisboa

Dia 28 de Julho, a partir das 15h30 no Jardim da Estrela em Lisboa, o coreógrafo e bailarino Alito Alessi apresenta a performance “DanceAbility Urban Intervention”. No seguimento do Curso intensivo de Certificação para Professores DanceAbility que começou a 2 de Julho e termina a 28 de Julho, no Ginásio Clube Português em Lisboa, os 33 bailarinos, estudantes/professores com e sem deficiência oriundos de 10 países, apresentam uma demonstração dos resultados da sua aprendizagem, de técnicas de coreografia, improvisações estruturadas e linguagens que envolvem vários tipos de corpos. A entrada é livre e é dirigida a todas as pessoas.

 

Sul

 

Festival Al-Buhera – Albufeira

O Festival Al-Buhera decorre durante cinco noites, com música, animação de rua, gastronomia e mostra de artesanato com possibilidade de apreciar os artesãos a trabalhar ao vivo.

Passeio Noturno “Estórias de Assombrar” – Castro Marim

Um passeio noturno que percorre as ruas e ruelas da zona histórica de Castro Marim em torno das lendas e estórias de estranhos acontecimentos que pertencem ao memorial da vila! Com ponto de encontro no Castelo de Castro Marim, a caminhada promete arrebatar os participantes com a descoberta dos segredos e silêncios desta antiga povoação que é Castro Marim. Durante cerca de hora e meia serão narradas estórias de mouros, bruxas e aparições, lendas e outros misteriosos acontecimentos.

 

Madeira

 

Poesia no Museu – Funchal

Em parceria com o Museu Café, o Madeira Film Festival Screenings está a promover mais um evento em torno do filme escolhido para agosto. Paterson de Jim Jarmusch que será exibido nos dias 4 e 5 de Agosto nos Cinemas NOS Forum Madeira está recheado de poesia e no próximo dia 28 pelas 18h30 o Museu Café também estará! A selecção de video-poesia e dos livros que estarão à venda ficará a cargo da Cristina Branco.

 

Açores

 

Finissage e lançamento do catálogo Exposição “Tempo Líquido” – Ribeira Grande

“TEMPO LÍQUIDO” é a primeira e grande exposição que o ARQUIPÉLAGO – Centro de Artes Contemporâneas dedica à Vídeo Arte, e que estará patente até 30 de julho. A curadora internacional Carolina Grau reúne catorze vídeos de artistas internacionais que refletem distintas décadas da sociedade contemporânea que questionam o tão atual e constante estado de mudança, um “estado líquido”.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório