Saúde

Saúde: centro de criação de próteses

A ministra da Saúde propôs um desafio ao Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro Rovisco Pais (CMRRC-RP) e universidades da região: desenvolverem um projecto na área da "recuperação de ajudas técnicas", como próteses, avança a agência Lus
Versão para impressão
A ministra da Saúde propôs um desafio ao Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro Rovisco Pais (CMRRC-RP) e universidades da região: desenvolverem um projecto na área da “recuperação de ajudas técnicas”, como próteses, avança a agência Lusa.

“Esta instituição, com este espaço, com estas características, tendo ao lado duas universidades [Coimbra e Aveiro] muito viradas para o lado das tecnologias, podia desenvolver algo que fosse uma resposta, quer para aqui, quer mesmo para o país, podendo fazer um centro de recuperação de próteses ou de ortóteses [cadeiras de rodas, andarilhos, etc.]”, afirmou Ana Jorge.

No final da visita ao CMRRC-RP, a ministra explicou que as próprias instituições públicas “têm muitas vezes dificuldades” em fornecer as próteses e ortóteses aos doentes que delas precisam, lembrando que estas são “habitualmente caras”.

“Se houvesse uma melhor recuperação, poderíamos abranger mais doentes e, portanto, ter uma resposta mais adequada”, disse ainda Ana Jorge.

Segundo Ana Jorge, muitas destas próteses e ortóteses muitas vezes poderiam ser reaproveitadas com pequenos arranjos.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório