Ciência

Saturno: Encontradas provas de vulcões de gelo

A sonda Cassini da NASA encontrou provas do que deverá ser um vulcão de gelo em Titã, a maior das  60 luas de Saturno,conforme dados apresentados esta terça-feira pela agência espacial norte-americana durante a reunião anual da American Geophysi
Versão para impressão
[Fotografia: ©NASA/JPL-Caltech/USGS/University of Arizona]
A sonda Cassini da NASA encontrou provas do que deverá ser um vulcão de gelo em Titã, a maior das  60 luas de Saturno,conforme dados apresentados esta terça-feira pela agência espacial norte-americana durante a reunião anual da American Geophysical Union, que se realiza ao longo desta semana em San Francisco.

Os dados recebidos pela sonda sobre a topografia e composição da Lua de Saturno permitiu aos investigadores elaborarem um mapa em 3D. Descobriram numa das zonas afastadas do sistema solar crateras que poderão ser a prova da existência dos criovulcões, crateras que em vez de lava, libertam gelo.

“Os criovulcões ajudam a explicar as forças geológicas que esculpiram alguns destes locais exóticos no nosso sistema solar”, explica Linda Spilker, cientista da NASA responsável pela Cassini.

“Em Titã, por exemplo, explicam como o metano pode ser continuamente lançado na atmosfera quando o sol está constantemente a impedi-lo”, afirma a mesma responsável.

A sonda Cassini foi lançada em outubro de 1997 e começou a orbitar Saturno em 2004. É um projeto conjunto entre a NASA, a Agência Espacial Europeia (ESA) e a italiana ASI.

Para saber mais veja o vídeo abaixo ou aceda ao artigo na página da NASA.gov.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub