Ciência

Satélite alemão caiu no Oceano Índico

NULL
Versão para impressão
O satélite alemão ROSAT que se dirigia em direção à Terra, desfez-se ao entrar na atmosfera. O objeto que pesava cerca de duas toneladas pertencia ao Centro Aeroespacial Alemão (DLR), sediado em Colónia, e tinha sido lançado para o espaço em 1990.

“Com a reentrada do ROSAT, foi concluída uma das missões espaciais alemãs mais bem-sucedidas de sempre”, disse Johann-Dietrich Wörner, responsável da DLR Executive Board. “A dedicação de todos os que estiveram envolvidos na missão foi exemplar. Todos merecem os meus mais sinceros agradecimentos”.

O satélite tinha entrado na atmosfera no dia 23 de Outubro, mas até esta quarta-feira os especialistas alemães não tinham conseguido precisar o local da queda de algumas das suas peças. O ROSAT entrou na Terra pela Baía de Bengala e terá caído sobre o Oceano Índico.

O satélite tinha como missão permitir aos investigadores realizar uma pesquisa de todo o céu, utilizando raio-X. Originalmente estava previsto que funcionasse durante apenas 18 meses, mas dado o sucesso da sua missão só foi desativado oito anos depois, em 1999, informa o Globo. Desde essa altura os cientistas já não conseguiam contactar-se com o satélite, nem tinham poder sobre a sua queda.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório