Cultura

São Paulo expõe 110 obras de Paula Rego

A Pinacoteca do Estado de São Paulo, no Brasil, promove uma exposição com 110 obras de Paula Rego, incluindo pinturas, gravuras, desenhos e colagens elaborados ao longo dos 56 anos de carreira da artista portuguesa. A mostra estará patente ao público
Versão para impressão
A Pinacoteca do Estado de São Paulo, no Brasil, promove uma exposição com 110 obras de Paula Rego, incluindo pinturas, gravuras, desenhos e colagens elaborados ao longo dos 56 anos de carreira da artista portuguesa. A mostra estará patente ao público entre 19 de março e 05 de junho.

De acordo com a agência Lusa, a mostra abrange todas as fases da produção de Paula Rego, por ordem cronológica, entre 1953 e 2009.
Assim, serão exibidas as primeiras pinturas realizadas nos anos 1950, desenhos, gravuras e pastéis em grandes formatos.

Além dos trabalhos desenvolvidos nos anos 1960, 1970 e 1980, a exposição dá ainda destaque à série Abortion (1997), produzida com a intenção de alertar as autoridades portuguesas para a questão do aborto.

No mesmo período, a artista criou obras como “The Company of Women” e “Angel”, inspiradas no romance “O Crime do Padre Amaro”, de Eça de Queiroz.

A mostra termina com trabalhos realizados nos anos 2000, fase em que Paula Rego privilegiou temas mais pessoais, como a morte da mãe e a combinação de motivos literários com recordações das roupas vestidas pelo seu pai.

Num comunicado divulgado pela Pinacoteca de São Paulo, o curador da exposição, Marco Livingstone, refere que “Paula produziu de maneira consistente uma obra que se comunica de forma poderosa e direta com todos que possuem um sentido de compaixão e justiça social”.

[Notícia sugerida pela utilizadora Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub