Cultura

Rússia: Teatro Bolshoi reabre após 6 anos de restauro

NULL
Versão para impressão
O Teatro Bolshoi de Moscovo reabre esta sexta-feira depois de seis anos de restauro que corresponderam a um investimento de mais de 500 milhões de euros.
 
Esta obra, considerada a mais cara de sempre de um teatro de ópera, foi levada a cabo com o objetivo de voltar a trazer à vida a sala histórica fundada em 1776 e que foi destruída por um grande incêndio no século XIX.
 
Um candelabro de cristal de duas toneladas no auditório, tapeçarias bordadas a seda, paredes decoradas a folha de ouro: nada vai faltar no Bolshoi, tal como nos velhos tempos. Porém, quem o visitar vai também poder testemunhar a grande modernização feita, especialmente em termos de acústica.
 
Anatoli Iksanov, diretor do teatro, lembrou recentemente em conferência de imprensa os tempos difíceis vividos aquando do início das obras, em que “o edifício corria 70% de risco de colapsar”. Agora, as dificuldades parecem estar ultrapassadas e chegou o momento de o pano voltar a subir.
 
O evento vai ser transmitido em direto para a Rússia e no resto da Europa, bem como para os EUA. O bailado “A Bela Adormecida” de Piotr Tchaikovski, e a ópera “Ruslan Liudmila”, de Mikhail Glinka foram os escolhidos para estrearem hoje o palco principal.
 
[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]  

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório