Ciência

Ruínas romanas achadas em Vieira do Minho

Arqueólogos da Universidade do Minho (UM) encontraram um edifício romano de grandes dimensões em Vieira do Minho. Trata-se de um exemplar datado entre os séculos I e II d.C.. A Câmara de Vieira do Minho está já a avaliar o desenvolvimento de um proje
Versão para impressão
[Foto: © Câmara Municipal de Vieira do Minho]

Arqueólogos da Universidade do Minho (UM) encontraram um edifício romano de grandes dimensões em Vieira do Minho. Trata-se de um exemplar datado entre os séculos I e II d.C.. A Câmara de Vieira do Minho está já a avaliar o desenvolvimento de um projeto de musealização do local.

Segundo os investigadores, o local, situado na freguesia de Cantelães, poderá ser um “vicus” romano, uma pequena cidade ou aldeia. A confirmar-se esta descoberta, estamos perante o primeiro caso de ruínas romanas em fase de escavações existente no Noroeste da Península Ibérica.

Apenas os vestígios de cerâmica e vidro encontrados permitiram datar o sítio. “Esta datação revela-nos uma ocupação muito prematura, numa fase em que os romanos se instalavam nesta região”, revela ao jornal Público Helena Carvalho, responsável científica pelas escavações que terminaram há uma semana.

“Este achado vem enriquecer ainda mais o já vasto património cultural e arqueológico do concelho, o que muito nos glorifica e lisonjeia”, assegura o presidente da câmara, Jorge Dantas, em comunicado da autarquia. Tal como neste caso, o município vai continuar a investir no local, financiando novos trabalhos arqueológicos.

Quanto à hipótese da musealização do local, tanto a autarquia como a coordenadora das escavações arqueológicas estão de acordo: o projeto poderá mesmo avançar. Caso a dimensão do achado o justificar, prevê-se a criação de um parque arqueológico naquela área do concelho.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório