Literatura

Romance vencedor do Prémio Leya já está nas bancas

O romance "Debaixo de algum céu", vencedor da 5ª edição do prémio Leya, chegou às bancas em Abril. O romance de Nuno Camarneiro foi escolhido entre mais de 270 candidatos e a entrega oficial do prémio decorre na próxima quarta-feira, dia 08 de Maio,
Versão para impressão
O romance “Debaixo de algum céu”, vencedor da 5ª edição do prémio Leya, chegou às bancas em Abril. O romance de Nuno Camarneiro foi escolhido entre mais de 270 candidatos e a entrega oficial do prémio decorre na próxima quarta-feira, dia 08 de Maio, em Lisboa. 

Nuno Camarneiro sucede a João Ricardo Pedro (O Teu Rosto Será o Último, 2011), João Paulo Borges Coelho (O Olho de Hertzog, 2009) e Murilo Carvalho (O Rastro do Jaguar, 2008) na relação de vencedores do Prémio. A cerimónia de entrega do prémio será presidida pelo Presidente da República, Cavaco Silva.

O romance “Debaixo de algum céu” conta a história de homens, mulheres e crianças que habitam num prédio junto à praia e que, embora desconhecidos, vivem uma situação comum: a procura de algo que lhes faz falta.

Há uma viúva sozinha com um gato, um homem que se esconde a inventar futuros, um bebé que testa os pais desavindos, um reformado que constrói loucuras na cave, uma família quase normal, um padre com uma doença de fé e até um apartamento vazio, cheio dos que o deixaram.

Este romance é, sobretudo, uma reflexão sobre a vida humana, onde a vida das personagens fica suspensa, após uma inesperada tempestade que deixa o prédio sem luz e obriga as pessoas a parar para pensar e rever o próprio passado.  

O prémio LeYa, no valor de 100 mil euros, foi criado em 2008 com o intuito de distinguir romances inéditos e é o maior em valor pecuniário no domínio da literatura de expressão portuguesa.

Segundo o comunicado de imprensa, o júri premiou, por maioria, a obra de Nuno Camarneiro pelo “domínio e segurança da escrita, pela força no desenho dos personagens” e pela “humanidade” do projeto que pode “ser lido como uma alegoria do mundo contemporâneo”.

Sobre o autor

Nuno Camarneiro nasceu na Figueira da Foz em 1977. Licenciou-se em Engenharia Física pela Universidade de Coimbra, trabalhou no CERN (Organização Europeia para a Investigação Nuclear) e doutorou-se em Ciência Aplicada ao Património Cultural pela Universidade de Florença.

Atualmente desenvolve a sua investigação na Universidade de Aveiro e é docente no Departamento de Ciências da Educação e do Património da Universidade Portucalense.

Em 2011, pela Dom Quixote, publicou o seu primeiro romance, No Meu Peito Não Cabem Pássaros, muito saudado pela crítica, publicado também no Brasil e cuja tradução francesa está prevista para breve.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub