Cultura

Rolling Stone: Boom Festival entre os mais espetaculares

O Boom Festival, evento bienal que regressa entre 11 e 18 de Agosto a Idanha-a-Nova, foi considerado pela prestigiada Rolling Stone como um dos ?sete mais espetaculares acontecimentos transformacionais do mundo?.
Versão para impressão
O Boom Festival, evento bienal que regressa entre 11 e 18 de Agosto a Idanha-a-Nova, foi considerado pela prestigiada Rolling Stone como um dos “sete mais espetaculares acontecimentos transformacionais do mundo”. 

No artigo da revista de culto norte-americana, o festival português surge ao lado de eventos internacionais como Burning Man (Nevada, Estados Unidos), Symbiosis Gathering e Lightning in a Bottle (ambos na Califórnia, Estados Unidos), Envision (Costa Rica), Beloved (Oregon, Estados Unidos) e Shambhala Gathering (Canadá). 
 
De recordar que a expressão “transformational festivals” nasceu a partir de uma apresentação de Jeet Kei Leung no TED X Vancouver (Canadá) em 2011 que agregou uma rede de festivais mundiais que são baseados em arte, música e um programa de workshops sobre temas alternativos e na sua maioria independentes. Desde então tornou-se uma categoria por si na indústria de festivais. 
 
“O Boom é um regresso à vibração boémia e espiritual dos anos 60, misturada com comida, música e performances artísticas fenomenais da Península Ibérica”. É assim que a revista especializada em música, política e cultura popular descreve o evento realizado em solo português.
 
Destacando a internacionalmente premiada política de sustentabilidade do Boom Festival, a Rolling Stone salienta o programa artístico, cuja música é “decididamente mais madura” do que a que se ouve em outros festivais. “Artes circenses, teatro de rua, malabaristas, dançarinos, exibições de filmes e uma série de outros talentos trazem a energia criativa da região para o festival”, lê-se ainda no artigo.
 
O evento bienal de cultura independente que, desde 1997, se realiza em Agosto é uma referência internacional, 85% do seu público vindo do estrangeiro para o festival e que agora se vê reconhecido por media internacional ou até pelo website de referência www.fest300.com.

De destacar ainda o facto de este ser evento sem patrocinadores que vive das receitas de bilheteira.

 

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub