Ambiente

Rodão promove operação de salvamento de grifos

Em Vila Velha de Ródão, foi montada uma operação de resgate e salvamento de grifos juvenis, fortemente afetados pelas temperaturas altas dos últimos dias. Os animais recolhidos são encaminhados para o Centro da Quercus e depois devolvidos à natureza.
Versão para impressão
Em Vila Velha de Ródão, foi montada uma operação de resgate e salvamento de grifos juvenis, fortemente afetados pelas temperaturas altas dos últimos dias. Os animais recolhidos são encaminhados para o Centro de Recuperação da Quercus e depois devolvidos à natureza. 
 
O calor dos últimos dias tem vindo a afetar a população de grifos que caracteriza a região de Portas de Ródão. São cerca de 30 os casais que habitam entre os penhascos das margens do rio Tejo daquela zona.  
 
Os juvenis que nasceram este ano são a principal preocupação da Incentivos Outdoor, a empresa de animação turística local que, com o apoio da Quercus e do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR, leva a cabo esta iniciativa. 
 
Segundo a RTP, até esta quinta-feira foram recolhidos cinco grifos juvenis que saltaram dos ninhos devido às altas temperaturas. Os animais ficam desorientados com o calor e são encontrados à deriva nas margens e nas águas do rio.
 
Depois de salvos, os grifos são encaminhados para o Centro de Recuperação de Animais Selvagens da Quercus em Castelo Branco, onde são tratados e nutridos antes de serem devolvidos à natureza. 
 
A operação de resgate e salvamento desta ave de rapina está montada ao longo do rio na região de Portas de Ródão, que serve de habitat a uma das maiores colónias do país desta espécie protegida.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub