Cultura

Rock português sobe ao palco em Arcos de Valdevez

A Casa das Artes de Arcos de Valdevez volta a receber uma das mais antigas mostras de música portuguesa, o Festival Sons de Vez, de 08 de Fevereiro a 29 de Março. Jorge Palma, Mundo Cão, Noiserv são apenas alguns dos nomes que dão som a este festival
Versão para impressão
A Casa das Artes de Arcos de Valdevez volta a receber uma das mais antigas mostras de música portuguesa, o Festival Sons de Vez, de 08 de Fevereiro a 29 de Março. Jorge Palma, Mundo Cão, Noiserv são apenas alguns dos nomes que dão som a este festival.
 
O rock é o ingrediente principal do programa deste ano, distribuído por oito sábados, mas as propostas são variadas e deixam espaço à world music e à fusão com o punk, a electrónica e o indie.  

A edição 2014 do Sons de Vez inclui em duas datas, e antes das performances musicais, a projeção dos filmes/documentário “Meio Metro de Pedra” e “Música em Pó”, do realizador Eduardo Morais.
 

A 12ª edição do Sons Vez arranca oficialmente no sábado, dia 08 de Fevereiro, com Jorge Palma, nome maior do rock português que além de interpretar o mais recente disco “Com todo o respeito” revisitará certamente alguns dos clássicos da sua carreira como Frágil ou Bairro do Amor.

No fim de semana seguinte, a 15 de Fevereiro, a música está entregue aos bracarenses Ermo que têm na bagagem o álbum “Vem por aqui” editado pela Optimus Discos com excelentes reviews publicadas pela imprensa especializada. Atuam ainda na primeira parte os ATIC, um projeto de tendência pop e electrónica, desprovido de preconceitos e de onde sobressai a sua sonoridade cénica e ambiental.

A 22 de Feveireiro chegam ao Sons de Vez os Mundo Cão, banda de Pedro Laginha, que acaba de editar “O Jogo do Mundo” onde é evidente a aposta no cruzamento da literatura e da música, com o convite feito ao escritor José Luís Peixoto.

O mês de Fevereiro termina com o concerto de Keep Razors Sharp. Alinhados para dia 28 de Fevereiro, a banda junta músicos todos de percursos bem trilados na cena nacional: Afonso (Sean Riley & The Slowriders), Rai (The Poppers), Bráulio (ex-Capitão Fantasma) e Bibi (Ridding Panico, Pernas de Alicate).
 

O mês seguinte começa com o concerto do multifacetado Noiserv a abrir a programação dia 08 de Março. O mote é “Almost Visible Orchestra”, um disco onde o preto e branco são substituídos pelo seu mundo a cores, num trabalho que foi amplamente elogiado pela imprensa.

Segue-se a 15 de Março a prestação dos Fitacola, coletivo punk-rock com mais de dez anos de atividade e uma legião de fãs em todo o país. Oriundos de Coimbra, a banda traz um repertório assente na trilogia de EP’s disponibilizados gratuitamente durante 2013.

A 22 de Março a festa prossegue ao som dos Melech Mechaya, apontados  como a primeira e mais proeminente banda de música Klezmer em Portugal. A sonoridade do grupo de Lisboa e Almada inspira-se nas músicas portuguesa, balcânica e árabe, e é sinónimo de corpos dançantes.
 

A celebração da música moderna portuguesa a Norte de Portugal encerra a 29 de Março com o bramido d’O Bisonte. Banda de rock puro e duro, cantado em português, sem artíficios ou falsas modéstias e que não poderia ter sido melhor escolha para fechar o Sons de Vez. 
 
Todos os espetáculos têm início às 23h00 e os ingressos podem já ser adquiridos nas instalações da Casa das Artes de segunda a sexta-feira, entre as 10h00 e as 18h00, ou no próprio dia dos eventos. Podem também ser feitas reservas pelo número 258 520 520 num limite máximo de 4 ingressos por pessoa. O preço dos bilhetes varia consoante o espetáculo.

Saiba mais AQUI.

 

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub