Inovação e Tecnologia

Rôbos: Investigadora portuguesa distinguida na China

NULL
Versão para impressão
Manuela Veloso, professora portuguesa na Universidade de Carnegie Mellon (CMU), nos Estados Unidos, está entre as 20 cientistas internacionais premiadas pela Academia de Ciências Chinesa. A investigadora é a criadora dos robôs-futebolistas e também dos robôs “CoBts” e é a única distinguida na área de inteligência artificial e robótica.

Além de ser investigadora na área de ciências computacionais e robótica na Carnegie Mellon, Manuela Veloso também colabora com o Instituto de Sistemas e Robótica de Portugal.

Image and video hosting by TinyPic A cientista (na foto) foi agora nomeada ‘Einstein Chair Professor 2012’ pela Academia na China. A lista completa de nomeados inclui investigadores em informática, biologia, química, medicina, física e outras áreas científicas.

O programa ‘Einstein’ foi recentemente criado e visa criar relações entre as instituições científicas chinesas e grandes centros de investigação internacional.

Rôbos desempenham tarefas no campus

As criações robóticas de Manuela, também conhecidas por “CoBots”, são usadas dentro do Campus da CMU para fazer entregas e outros tipos de tarefas, embora, para chamar o elevador e abrir portas, necessitem da ajuda das pessoas. Além das tarefas, os rôbos interagem verbalmente com as pessoas, fazendo pedidos e agradecendo a ajuda.

“Neste momento, tenho dois CoBots a funcionar e outros dois prontos para Janeiro. Os que tenho já andaram mais de 100 quilómetros autonomamente nos nossos edifícios. Andam de elevador e vão aos diferentes andares do complexo”, disse a investigadora à agência Lusa.

A portuguesa tem vindo a desenvolver um novo conceito no campo da robótica, a ‘autonomia robótica’, segundo o qual os robôs conhecem os seus limites percetuais, físicos e de raciocínio e pedem assistência de pessoas para completar tarefas.

Uma das facetas mais conhecidas do seu trabalho é a dos robôs-futebolistas, que competem anualmente num torneio internacional com vista ao aperfeiçoamento da cooperação entre as máquinas num ambiente complexo.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta e Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório