Ambiente

Rinoceronte mais ameaçado nasce em cativeiro

Nasceu, no passado sábado, um rinoceronte de Sumatra, a mais ameaçada das espécies existentes. O nascimento aconteceu num centro de reprodução, na Indonésia, sendo esta apenas a quarta reprodução em cativeiro da espécie no espaço de um século.
Versão para impressão
Nasceu, no passado sábado, um rinoceronte de Sumatra, a mais ameaçada das espécies existentes. O nascimento aconteceu num centro de reprodução, na Indonésia, sendo esta apenas a quarta reprodução em cativeiro da espécie no espaço de um século.

De acordo com a Agência AFP, a fêmea Ratu deu à luz uma cria de sexo masculino, às 12h45 de sábado (18h45 de sexta-feira em Portugal). Widodo Ramono, conservacionista num centro de Sumatra, referiu que “tanto a mãe como o bebé se encontram bem”.

Embora esta tenha sido a primeira gravidez completa de Ratu, a fêmea já tinha sido alvo de tentativas de reprodução, abortando duas vezes. O pai da cria é Andalas, um dos outros três rinocerontes de Sumatra nascidos, nos últimos 100 anos, em cativeiro.

Além desta cria, apenas outros três rinocerontes desta espécie ameaçada nasceram em cativeiro, sendo que todas as reproduções se deram no jardim zoológico de Cincinnati, em Ohio, Estados Unidos.

A população de rinocerontes de Sumatra diminuiu 50% nos últimos 20 anos, particularmente devido à destruição do habitat natural e à caça ilegal. Atualmente existem menos de 200 exemplares da espécie vivos, aos quais se junta, agora, esta nova cria.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub