Espetáculos e Exposições

“Retratos de Mulheres” no Museu Arpad Szénes

Centenas de fotografias, todas de mulheres, da autoria de dois artistas nacionais, Jorge Martins e Julião Sarmento, e ainda do mítico Man Ray, estão em exposição, até 30 de abril, no Museu Arpad Szénes
Versão para impressão
Centenas de fotografias, todas de mulheres, da autoria de dois artistas nacionais, Jorge Martins e Julião Sarmento, e ainda do mítico Man Ray, estão em exposição, até 30 de abril, no Museu Arpad Szénes – Vieira da Silva, em Lisboa.

De Man Ray (1890-1976) é apresentado o notável conjunto "The Fifty Faces of Juliet", da colecção Fondazione Marconi, Milão. São retratos de Juliet Browner (1911-1991), mulher do artista, fotografada entre 1941 e 1955.

Em diálogo com Man Ray surgem dois artistas portugueses, Jorge Martins e Julião Sarmento. Este confronto traz a público fotografias pouco conhecidas, ou mesmo inéditas, de dois importantes artistas contemporâneos, que, à semelhança de Man Ray, sempre fotografaram em paralelo com outras práticas artísticas.

Jorge Martins nunca pensou em mostrar as fotografias, 20 registos íntimos de modelo feminino, feitos entre 1964 e 1973, em Paris, a que chamou Eros cromático.

Julião Sarmento apresenta 62 fotografias de 31 mulheres, realizadas ao longo de 42 anos, núcleo criteriosamente escolhido por Sergio Mah de entre inúmeros negativos e provas. Na maioria inéditas, as fotografias, retratos de mulheres, foram realizadas entre finais dos anos 60 e a actualidade.

O conjunto inclui registos íntimos, apontamentos espontâneos e lúdicos e imagens que sugerem intenções mais estéticas e conceptuais e que remetem para a produção artística mais conhecida do pintor. Todas as fotografias pertencem à colecção António Cachola.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub