Ambiente

Renováveis podem empregar seis milhões na UE

Em 2050, o setor das energias renováveis pode ser responsável pelo emprego de seis milhões de europeus e pela redução das emissões de dióxido de carbono até cerca de 90 por cento. Estes são os dados revelados pelo estudo do Conselho Europeu de Energi
Versão para impressão
Em 2050, o setor das energias renováveis pode ser responsável pelo
emprego de seis milhões de europeus e pela redução das emissões de
dióxido de carbono até cerca de 90 por cento. Estes são os dados revelados pelo estudo do Conselho Europeu de Energias Renováveis
“Repensar 2050: Uma energia 100% renovável para a UE”.

Estima-se que em 10 anos as energias renováveis empreguem 2,7 milhões de pessoas – o número é considerável: no ano passado, trabalhavam neste setor apenas 550 mil pessoas em toda a UE. Ao mesmo tempo, espera-se que a redução de CO2 chegue aos 30 por cento, por comparação aos níveis registados na década de 90.

De acordo com o Diário de Notícias (DN), o estudo foi apresentado pela eurodeputada Maria da Graça Carvalho na semana passada, em Bruxelas. Por cá, os negócios no setor começam já a desenvolver-se.

Pedro Pinto e Sérgio Monteiro têm já uma empresa que presta serviços de energias renováveis: produção solar térmica, fotovoltaica, biomassa e eólica. Os dois jovens empresários realizam também estudos de eficiência energética e incentivam à redução do consumo de água.

Ao DN, Pedro explica que “o nosso alvo é o público em geral, desde o residencial ao empresarial”.

O estudo do Conselho Europeu aponta ainda previsões para 2030: dentro de 20 anos, é possível que as emissões de CO2 tenham sido reduzidas em 50 por cento, enquanto 4,4 milhões de europeus estarão a trabalhar nas áreas das energias renováveis.

A verificar-se, a redução em grande medida das energias fósseis significa um corte nas despesas da UE entre os 158 mil milhões de euros em 2020 e os 1,9 biliões em 2050.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório