Em Destaque Sociedade

Reino Unido quer portugueses

Oferecem alojamento, refeições e ordenados elevados
Versão para impressão
por redação

Dezenas de auxiliares estão a ser contratados por o Reino Unido para trabalhar em lares, casas de idosos e centros de saúde. No ano passado o recrutamento teve um grande aumento, mantendo nos primeiros meses de 2017 dezenas de ofertas para o setor em sites de emprego.

No Reino Unido, os portugueses recebem três vezes mais do que em Portugal, com salários a rondar os 1800 euros. Em Portugal o salário de um auxiliar é de 557 euros. No caso de trabalhar num lar de idosos, o ajudante recebe ainda refeição e alojamento.

O Diário de Notícias adianta que “a procura é tal que, segundo garantiram ao DN responsáveis de algumas das empresas contactadas, chega a não haver resposta para tanto interesse, principalmente das instituições britânicas. “Há uma procura massiva de auxiliares de ação médica e geriatria. Até está a acontecer que algumas empresas inglesas estão a instalar filiais em Portugal. Apesar de outras preferirem fazer parcerias com empresas nacionais”, confirmou ao DN Helena Ribeiro, responsável da Go Work, uma das firmas de recrutamento que trabalham na área da saúde.”

Filipe Amorim, da Manda-te.com sublinhou ao DN: “Neste último ano, colocámos 40 pessoas”,  lembrando que nesse período receberam 3000 candidaturas para trabalhar na área.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório