Saúde

Reino Unido: Lei antitabaco reduz crises cardíacas

Desde a aplicação da legislação antitabágica no Reino Unido, em julho de 2007, a taxa de entradas nos hospitais devido a crises cardíacas foi reduzida em 2,4 por cento. Estas são as conclusões de um estudo realizado pela Universidade de Bath e divulg
Versão para impressão
Desde a aplicação da legislação antitabágica no Reino Unido, em julho de 2007, a taxa de entradas nos hospitais devido a crises cardíacas foi reduzida em 2,4 por cento. Estas são as conclusões de um estudo realizado pela Universidade de Bath e divulgado esta quarta-feira.

O estudo baseia-se nos dados dos serviços de urgência hospitalares relativos a pacientes com uma idade mínima de 18 anos e admitidos entre julho de 2002 e setembro de 2008. Posteriormente, foram comparados os dados correspondentes aos cinco anos anteriores à entrada em vigor da legislação com os do período subsquente.

Michelle Sims, uma das responsáveis pelo estudo publicado no British Medical Journal (BMJ) citada pela agência Lusa, refere que “uma redução de 2,4% pode parecer modesta, mas representa uma economia de 1200 admissões nas urgências durante o primeiro ano de aplicação da lei de interdição de fumar”.

Os resultados positivos vão de encontro a outros já apurados por estudos similares realizados nos Estados Unidos, Itália e Escócia, que apuraram uma diminuição do risco de enfarte entre os seis e os 47 por cento.

Confira o estudo clcando aqui.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório