Cultura

Recuperadas cartas de Chopin perdidas desde 1939

Seis cartas escritas por Fréderic Chopin, que se julgavam perdidas desde a altura da II Guerra Mundial, foram recuperadas e reveladas numa exposição em Varsóvia, no museu dedicado ao compositor e pianista.
Versão para impressão
Seis cartas escritas por Fréderic Chopin, que se julgavam perdidas desde a altura da II Guerra Mundial, foram recuperadas e reveladas numa exposição em Varsóvia, no museu dedicado ao compositor e pianista.

Escritas entre 1845 e 1848, um ano antes da morte de Chopin, em França, as cartas são endereçadas a familiares polacos e descrevem o quotidiano e o trabalho do músico, explica à AFP Alicja Knast, curador do museu de Varsóvia.

A responsável explicou que a família reteve as cartas até 1939, mas após a II Guerra Mundial perderam-nas. O colecionador Marek Keller encontrou-as numa coleção privada e trouxe-as para o museu de Varsóvia, um dos maiores e mais importantes da Polónia.

Nascido em 1810 na Polónia, Fréderic François Chopin, acabou por mudar-se para Paris, onde viveu até à sua morte precoce, com apenas 39 anos. Revelando-se desde cedo como um prodígio da música, Chopin foi um dos mais importantes compositores do movimento romântico.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub